Banco libera recursos para agricultura familiar e energia solar para assentamentos de Barra de Santa Rosa

419

Quase R$ 1 milhão em crédito será destinado a 14 assentamentos da reforma agrária em 13 municípios da Paraíba. O recurso é do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), do Banco do Nordeste (BNB). A linha de crédito é para investimentos em atividades agropecuárias, sistemas de produção agrícola e industrialização da produção e em tecnologias de convivência com o Semiárido (sistemas hídricos).

Os valores dos créditos variam de R$ 4,8 mil a R$ 26,5 mil, de acordo com os dados das famílias, fornecidos pelo Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA), totalizando R$ 947 mil. De acordo com o BNB, no primeiro trimestre de 2017 foram realizadas 39 contratações da linha de crédito do Pronaf – que oferece diversas linhas de crédito, inclusive específicas para alguns nichos.

As famílias que receberam o crédito do Grupo A (que financia atividades agropecuárias e não agropecuárias) este ano foram dos assentamentos Monsenhor Luigi Pescarmona (Alagoa Grande), Novo Horizonte (Juarez Távora), São Sebastião (Catingueira), Fortuna (Santa Luzia), Riacho da Cruz e Riacho do Sangue (Barra de Santa Rosa), Padre Assis (Sossego), Pau Brasil (Itabaiana), Santa Teresinha (Bananeiras) e Pedro Henrique (Solânea).

Uma família recebeu crédito do Pronaf Grupo A/C (destinado ao custeio de atividades agropecuárias, não agropecuárias e de beneficiamento ou industrialização da produção); outras duas famílias receberam verbas do Pronaf Agroecologia, sendo elas dos assentamentos Limão (Araruna) e Amarelinha (Pilõezinhos); enquanto na cidade de Monteiro, cinco famílias receberam crédito do Pronaf Semiárido – elas do assentamento dos 10.

Crédito para energia solar

No ano passado, R$ 123,6 mil foram destinados para seis projetos de energia solar no assentamento Mata de Vara, em Pedras de Fogo, através do Pronaf. A energia produzida está sendo utilizada nas residências e em motores que fazem a irrigação de plantações de milho, inhame e abacaxi.

Uma oportunidade de financiamento de projetos de energia solar é o programa “Agroamigo Sol” do Banco do Nordeste que disponibiliza até R$ 15 mil com diversas facilidades para os agricultores familiares pagarem. O crédito é para financiar máquinas voltadas para irrigação, eletrificação de instalações rurais, dessalinizadores e eletrificação de cercas em condições de pastejo rotativo que funcionem com energia solar.