Ex-coroinha suspeito de participar do assassinato de padre continua foragido e polícia pede ajuda da população

82

A Polícia Civil continua a procura de Lucas Gerônimo Sales, 18 anos, apontado como o segundo envolvido no assassinato do padre Pedro Gomes Bezerra, morto com 29 facadas no dia 23 de agosto, dentro casa paroquial de Borborema, a 135 km de João Pessoa. Lucas foi coroinha do padre quando ele coordenava a paróquia de Arara, em 2014.

O delegado que investiga o caso, Diógenes Fernandes, contou que a polícia vem recebendo relatos de que o ex-coroinha já teria até fugido do estado, mas as informações não foram confirmadas. Lucas tem um mandado de prisão preventiva decretado e já é considerado um foragido da justiça.

“O Lucas é considerado um foragido da Justiça e o mandado dele já está no banco nacional a espera de captura. Recebemos diversas denúncias de que ele teria embarcado em um avião e ido para casa de familiares, mas também de que ele estaria escondido perto de Borborema esperando a família contratar um bom advogado. Porém, nenhuma dessas informações foram confirmadas e, com isso, seguimos com as investigações e ouvindo testemunhas”, afirmou o delegado.

Fernandes pede ajuda da população para encontrar o suspeito. “ Importante a colaboração da população através do 197 – o Disque Denúncia da Polícia Civil. Víamos recebendo muitas ligações sem fundamentos, mas esperamos a colaboração das pessoas”, disse

O caso

O padre Pedro Gomes Bezerra foi morto com 29 facadas em crime que, segundo a polícia, foi premeditado pelo ex-coroinha, que visava roubar o cofre da igreja, que fica na casa paroquial, residência onde o crime aconteceu.