Janot denuncia Sarney, Renan, Jucá, Garibaldi e Raupp

Procurador-geral da República acusa os peemedebistas em inquérito que investiga supostas propinas no âmbito de contratos da Transpetro

69

BRASÍLIA – A Procuradoria-Geral da República apresentou uma denúncia contra o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), o ex-presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL) e o ex-presidente da República José Sarney (PMDB), e mais seis pessoas, por participação em um esquema de corrupção da Transpetro (Petrobras Transporte S.A).

O inquérito foi aberto com base na partir da delação do ex-presidente da Transpetro, Sergio Machado, um dos nove denunciados no caso, que delatou que congressistas receberam, via doação oficial, repasses com recursos oriundos de vantagens indevidas pagas por empresas contratadas pela Transpetro, que constituiriam propina na avaliação da PGR.

 

Também foram denunciados os senadores Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) e Valdir Raupp (PMDB-RO) também foram denunciados, assim como Luiz Fernando Nave Maramaldo e Nelson Cortonesi Maramaldo — sócios da NM Engenharia — e Fernando Reis, ex-diretor da Odebrecht Ambiental