ENTRETENIMENTO

Mário Gomes recusa novelas e quer ampliar venda de sanduíches

O ponto na praça da Praia da Joatinga, zona oeste do Rio, continua lá, mas Mário Gomes resolveu incrementar seu negócio para além da venda de hambúrguer. A “Big Burguer” vai ganhar ares goumert com um cardápio mais variado que incluirá canoa de pizza com linguiça, shiitake com baião de dois e ceviche de salmão com batata doce, entre outras comidinhas. A carrocinha será substituída por um food truck idealizado pelo próprio ator para ampliar o negócio, que ele pretende transformar em uma linha de franquias ambulantes.

“O ano de 2017 foi de muito sucesso. O meu negócio estourou e eu recebi até propostas de sociedades, mas declinei. Parei para avaliar e estudar e vi que tinha condições de virar mesmo um empreendedor. Busquei novidades do cardápio, modernizar o carrinho e pensar melhor no conceito. Resolvi expandir para todo Brasil . Só estou esperando passar o Réveillon para inaugurar essa nova fase”, conta, orgulhoso do negócio que foi uma das surpresas do primeiro semestre 2017.

Foi em março que o ex-galã global foi “redescoberto” vendendo sanduíche na praia, após uma reportagem do jornal “Extra”. Aos 65 anos, ele confessa que não esperava tanto retorno com a exposição do novo negócio. “Na época mesmo eu disse que sempre me preocupei mais com o aplauso do que com o dinheiro. Eu queria um negócio, um projeto novo e diferenciado e consegui”, afirma.

Além de transformar o negócio em franquia, os planos incluem ainda a abertura de um espaço na casa do ator, uma propriedade de 850m² numa das áreas mais valorizadas do Rio. “Temos uma área externa boa. Volta e meia recebemos hóspedes de um site especializado em aluguel de imóveis e por isso estamos acostumados com movimentação. Vamos fazer um tipo de open house, open bar e open varanda”, brinca.

Teatro, sim, mas televisão…
Além de incrementar as vendas do Big Burguer, os holofotes também renderam convites ao ator veterano, mas ele garante que voltar às novelas não está no seu horizonte. “Tive propostas para fazer novelas, mas não aceitei. Fui convidado para fazer séries e aí fiz. Série é legal, mas é muito diferente porque o ritmo é puxado. Fui protagonista da série “Magnífica 70″, do canal HBO Brasil. Tinha feito uma ponta na segunda temporada e nessa virei protagonista. Já gravamos tudo e vai ao ar em abril”, conta.

Mario também fez participações na série “Amigo de Aluguel”, da Universal, e no longa “Mulheres Alteradas”. No teatro, continua ensaiando a peça “Fake News: Lava Rápido”, que está na fase de capacitação de verba. O ator, que foi apoiador do prefeito Marcelo Crivella, desenvolve ainda o projeto “Construido a Persona Futura”, apoiado pela Secretaria de Cultura do Rio, que estimula jovens a pesquisarem e construírem personagens das profissões em que pretendem atuar. O primeiro encontro ocorreu em outubro.

“Foi muito enriquecedor e surpreendente também. O que me chamou a atenção é que dos 70 participantes, só uma menina disse que a queria ser atriz. O resto, das profissões mais diversas. Me surpreendi porque a carreira artística sempre foi muito sonhada, desejada, mas hoje acredito não ser mais”.

Mario começou a carreira de ator na novela “A Mansão dos Vampiros”, na extinta Excelsior (1970). Dois anos depois foi para a Globo para atuar na novela ‘”Bicho do Mato”. Foram 36 anos de casa e várias novelas de sucesso, entre elas “Guerra dos Sexos” (1983), “Vereda Tropical” (1984), “Rainha da Sucata” (1990), “Perigosas Peruas” (1992) e “A Favorita” (2008), sua última na emissora. Depois, teve uma passagem de quatro anos pela Record, onde fez três novelas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar