MP vai ao Supremo para derrubar decisão do TSE que absolveu chapa Dilma-Temer

O procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino, já estuda os argumentos que apresentará aos ministros para reverter o resultado do julgamento que salvou o presidente

84

O Ministério Público Eleitoral (MPE) resolveu recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que absolveu a chapa Dilma-Temer. O procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino, estuda os argumentos que apresentará à Suprema Corte. Ele tem um prazo para fazer isso que varia entre três e dez dias, a depender do tipo de recurso escolhido, após a publicação do acórdão com a decisão – o que ainda não aconteceu.