TECNOLOGIA

Mulher que doou raro Apple 1 para reciclagem ganhará cheque de US$ 100 mil

Um cheque de US$ 100 mil está esperando por uma misteriosa mulher que doou um raro computador da Apple 1 a uma empresa de reciclagem no Vale do Silício.

A CleanBayArea em Milpitas, Califórnia, está tentando rastrear uma mulher de cerca de 60 anos que entregou alguns eletrônicos em abril, quando estava fazendo uma limpeza na garagem após a morte do marido.

Em uma das caixas, debaixo de teclados sem valor, peças de computadores pessoais e fios, estava um Apple 1 de 1976, um computador inovador feito em casa. O cofundador da Apple Steve Wozniak projetou e construiu a mão os computadores e os vendeu por US$ 666,66 cada um. Apenas algumas dezenas desses computadores ainda existem.

A empresa de reciclagem vendeu o Apple por US$ 200 mil em um leilão privado, e a sua política é dar metade do lucro para a pessoa que doou o equipamento.

“O corpo [do computador] é feito de madeira. Eu nunca vi nada parecido com isso. Minha primeira reação foi pensar que era uma farsa”, disse Victor Gichun, vice-presidente de marketing da CleanBayArea.

Gichun se recusou a dizer quem comprou o Apple 1, apenas que foi um colecionador particular. Ele não tem certeza se o computador ainda funciona.

Ele disse que reconheceria a mulher, que ele acredita ser da região, ao vê-la e que vai entregá-la o cheque de US$ 100 mil.

UOL

Artigos relacionados

Fechar