Rede pede ao STF para anular decisão do TSE

79

 

A Rede Sustentabilidade protocolou no Supremo Tribunal Federal um pedido de anulação do julgamento que abolveu a chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral. O partido de Marina Silva reivinca a realização de novo julgamento.

Mais: a Rede pede que o Supremo obrigue o TSE a levar em conta todas as provas recolhidas na investigação que durou dois anos e meio. No julgamento encerrado na última sexta-feira, o TSE excluiu do processo as provas testemunhais e documentais referentes à Odebrecht e ao casal de marqueteiros João Santana e Monica Moura.

Representante do Ministério Público Federal no TSE, o vice-procurador-geral-eleitoral Nicolao Dino também cogita recorrer ao Supremo.