Connect with us

BRASIL

12 MOTIVOS PARA NÃO VOTAR EM JAIR BOLSONARO NEM PARA SÍNDICO.

Publicado

em

1 – Declaradamente homofóbico:

1.1 – O deputado federal Jair Bolsonaro foi condenado a indenizar em R$ 150 mil o Fundo de Defesa dos Direitos Difusos (FDDD), criado pelo Ministério da Justiça, por danos morais, depois de fazer declarações homofóbicas num programa de TV.

A decisão é da juíza Luciana Santos Teixeira, da 6ª Vara Cível do Fórum de Madureira, no Rio. Ainda cabe recurso.
Fonte: G1

1.2 – o deputado Jair Bolsonaro (PPB-RJ), capitão da reserva do Exército, colocou a foto de FHC segurando a bandeira gay na porta de seu gabinete, com a frase: “Eu já sabia…”.
Questionado, Bolsonaro não quis revelar como termina a frase. “O objetivo é tirar sarro”, disse, sem conter a risada. “Não vou combater nem discriminar, mas, se eu vir dois homens se beijando na rua, vou bater.”

Fonte: Folha

1.3 – Jair Bolsonaro em entrevista sobre homossexualidade na revista Playboy.

“Seria incapaz de amar um filho homossexual. Prefiro que um filho meu morra num acidente do que apareça com um bigodudo por aí.”

Fonte: IG

2 – A favor do golpe militar:

2.1 – Os deputados viraram as costas ao colega Jair Bolsonaro (PP-RJ), defensor ditadura militar, que subiu na tribuna para fazer um discurso a favor dos militares. “Vocês vão ser torturados com algumas verdades aqui. Deixe-os de costas, presidente, por favor”, disse Bolsonaro diante das manifestações contrárias a ele.

Fonte: IG

2.2 – Enquanto dezenas de políticos e sociedade civil buscam, nesta terça-feira (31), homenagear as vítimas da ditadura militar, o deputado federal Jair Bolsonaro (PP) exalta os 51 anos do golpe. Em sua conta no Twitter, o militar da reserva postou algumas fotos de um ato que realizou em frente à Esplanada dos Ministérios, em Brasília, em homenagem às Forças Armadas.

bolsonaros

Fonte: Revista Forum

3 – Misógino (desprezo pelo gênero feminino):

https://colunastortas.wordpress.com/2014/12/14/misoginia-de-bolsonaro-ganha-destaque-na-midia-internacional/

3.1 – O Deputado MAIS misógino e EXTREMISTA, eleito no mundo democrático: DO BRASIL, Jair Bolsonaro

Fonte: The Intercept

3.2 – Já o francês Le Monde publicou uma matéria descrevendo Bolsonaro como “homofóbico, misógino e racista” e descreveu o caso, dando atenção ao primeiro vídeo que teria sido o início das ofensivas de Bolsonaro à Maria do Rosário, de 2003, quando ele afirmou pela primeira vez que não a estupraria por ela não merecer.

Fonte: Le Monde

4 – Falta de decoro:

4.1 – Imagina esse cara como Presidente – no exercício das funções diplomáticas – Seria guerra na certa.
O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) foi condenado, em primeira instância, a pagar 10 mil reais a também deputada Maria do Rosário (PT-RS) por ter dito que não a estupraria porque “ela não merece”. As informações são da coluna de Mônica Bergamo, no jornal Folha de S. Paulo.
Fonte: Exame

4.2 – O parlamentar sugeriu o fechamento do Congresso e afirmou que, no período da ditadura, “deveriam ter sido fuzilados uns 30 mil corruptos, a começar pelo presidente Fernando Henrique Cardoso”.
O porta-voz da Presidência da República, Georges Lamazi-re, afirmou ontem que o presidente está convicto de que o Congresso tomará as medidas cabíveis no caso. “As declarações demonstram que ele (Bolsonaro) não se converteu à democracia”, afirmou FHC, através do seu porta-voz.

Fonte: Portal Metrópole

5 – Defende ideias de extremistas.

Isso lembra quem mesmo? Hitler? Pinochet? Só gente boa…
http://www.revistaforum.com.br/blog/2015/07/bolsonaro-e-a-extrema-direita-que-quer-aparecer/

6 – Parlamentar fraquinho…

(aprovou sua primeira emenda um dia desses, depois de 25 anos no parlamento) – detalhe, falta ainda aprová-la duas vezes no senado e outra na câmara para entrar em vigor.

No ritmo que tá, acho que ele se aposenta antes que o texto integre a Constituição:
http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/06/camara-aprova-pela-primeira-vez-emenda-de-jair-bolsonaro.html

7 – É contra os Direitos Humanos!

http://www.gotropa.com/2015/09/video-bolsonaro-esculacha-ongs-e-falsos.html

8 – Ele é contra os indígenas! Os caras nem terra para morar possuem e o próprio afirmou categoricamente que tem medo que eles comecem a formar novos países:
http://www.midiamax.com.br/politica/256370-indio-pobre-coitado-vive-zoologicos-milionarios-bolsonaro.html
“índio não fala nossa língua, não tem dinheiro, é um pobre coitado, tem que ser integrado à sociedade, não criado em zoológicos milionários”. Ele cita como exemplo a Reserva Indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, dizendo que a demarcação do território “está matando” economicamente o Estado.

9 – Abertamente a favor da tortura:

Fonte: UOL

10 – O cara é uma vergonha para nosso país no exterior, onde quer que ele vá:

11 – Jair Bolsonaro está na lista de Furnas, como recebedor de dinheiro de caixa 2

O capitão do Exército e deputado federal pelo Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro (PP), crítico dos direitos humanos e árduo defensor da ditadura militar, foi beneficiado com R$ 50 mil do esquema corrupto desencadeado pelos tucanos.

Fonte: Vi o mundo

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

BRASIL

Com 1.582 mortes por Covid-19 em 24 h, Brasil bate recorde de óbitos na pandemia

Publicado

em

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — Um ano depois do primeiro caso de Covid-19, o Brasil registrou o maior número de óbitos pela doença em 24 horas em toda a pandemia. Nesta quinta-feira (25), foram registradas 1.582 mortes de brasileiros pela Covid. Com expansão da doença em diversos locais, os dados apontam que o país vive o pior momento da pandemia.

O recorde anterior de mortes (1.554) tinha ocorrido em 29 de julho do ano passado, seguido por 4 de junho, com 1.470 óbitos. O ranking, porém, já é dominado por 2021. Sete dos dez dias com mais mortes na pandemia ocorreram em 2021.

A média móvel de mortes pela Covid foi recorde, pelo segundo dia consecutivo. O valor chegou a 1.150, nesta quinta, com crescimento de 7% em relação ao dado de 14 dias atrás, o que representa uma situação de estabilidade. Na quarta, o valor era de 1.129. Essa média é recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

Os dados do país, coletados até às 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Continue lendo

BRASIL

“Brasil é o maior laboratório a céu aberto do coronavírus”, diz Miguel Nicolelis

Publicado

em

Um dos cientistas brasileiros mais conceituados no mundo, Miguel Nicolelis desabafou em uma série de tuites na madrugada desta quarta-feira (24) e concluiu que atualmente o Brasil é o “maior laboratório a céu aberto onde se pode observar a dinâmica natural do coronavírus sem qualquer medida eficaz de contenção”.

“Neste momento, o Brasil é o maior laboratório a céu aberto onde se pode observar a dinâmica natural do coronavírus sem qualquer medida eficaz de contenção. Todo o mundo vai testemunhar a devastação épica q o SARS-CoV-2 pode causar qndo nada é feito de verdade p/ contê-lo”, afirmou.

 

Com 248.646 mortes pela Covid-19 até esta terça-feira (23) e 1.370 óbitos em 24 horas – o terceiro maior número desde o início da pandemia, o Brasil corre o risco de entrar em colapso sanitário “do Oiapoque ao Chuí”, segundo o cientista.

“Ou os políticos brasileiros aprendem rapidamente a pronunciar “lockdown”, ou todo BR vai entrar em colapso sanitário ao mesmo tempo. Do Oiapoque ao Chuí, governantes estão renunciando às suas responsabilidades de liderar e proteger a população. Não há mais nhm tempo a perder”.

Reportagem de Jamil Chade nesta quarta-feira no portal Uol revela que, segundo informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o único país que não segue o rítmo de queda da pandemia no mundo.

De acordo com o informe epidemiológico da OMS, 2,4 milhões de novos casos foram registrados no mundo nos últimos sete dias, número 11% menor que na semana anterior. Em relação às mortes – 66 mil nos últimos sete dias – a queda foi de 20% em relação ao último levantamento.

BBB
Pelo Twitter, Nicolelis se mostrou espantado com “rojões” comemorando a eliminação de Karol Conká do BBB em meio à pandemia. “No Brasil a pandemia perdeu até pro BBB! Ao vencedor as batatas”, tuitou.

O cientista ainda traçou um paralelo ao massacre de Conká, que teve 99,17% dos votos pela eliminação, e o que se vê nos hospitais.

“No BR se celebra o fracasso alheio, a derrota esmagadora do “inimigo”. Se celebra a execução, mesmo que ela seja virtual ou simulada, e a derrota do time do outro; a “eliminação no paredão ”. No BR se solta rojão qndo alguém desaba e fica estatelado na calçada da vida, sem ar”, afirmou.

Brasil 247

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados