Connect with us

SAÚDE

NONI, O FRUTO E SEUS BENEFÍCIOS

Publicado

em

Noni (Morinda citrifolia L.), é um alimento celular preventivo que fortalece o nosso sistema imunológico. Conheça os benefícios do Noni, você vai se maravilhar com esta fruta que é uma dádiva de DEUS para a humanidade.  Noni é uma fruta multi-uso, você poderá utilizá-la no preparo de: Suplementos Alimentares, Iogurtes, Sorvetes, Picolés, Cereais, Chocolates, Doces, Geléias, Sucos, Guaraná da Amazônia, Mix de frutas, Compotas, Chás, Mel com Própolis, Soja e seus derivados, Bombons, Biscoitos, Pães, Saladas de Vegetais Naturais, Rações Animais, Cremes hidratantes corporais, Xampus, Condicionadores e Sabonetes hidratantes, E muito mais! Adquira nossos produtos e receba os benefícios do Noni
site: www.natunoni.com.br
http://redeparede.com.br


NONI A FRUTA MILAGROSA MAIS POTENTE DO MUNDO.
O suco de Noni não é um medicamento e sim auxilia no processo de prevenção e da restauração da saúde. É uma fruta natural que tem nutrientes benéficos para o nosso organismo.
Não tem contra-indicações, nem efeitos colaterais e nem risco de interação medicamentosa. É seguro em qualquer período da nossa vida. O fruto Noni, da planta Moriinda Citrifolia, segundo pesquisas, tem origem na índia e sua descoberta data de 4000 a.c. Migra para a Polinésia Francesa 100 a.c. E desde então vem sendo utilizado também por aqueles povos por suas riquíssimas propriedades nutraceuticas.
Dr. Neil Solomon renomado medico e cientista especializado em nutraceuticas relata como este fruto surgiu no cenário médico ocidental demonstrando poderosas qualidades terapêuticas no tratamento de transtorno como: Hipertensão, dor crônica, diabetes, câncer, abandono e vícios (tabagismo, alcoolismo, drogas diversas) e outras doenças. “ O Noni é um milagre da natureza.” NONI, Morinda Citrifolia é uma fruta de extraordinárias propriedades nutracêuticas, das quais a maioria das pessoas nunca ouviram falar.
Proporciona vitalidade natural permitindo maior rendimento nas atividades físicas, não ocorrendo cansaço físico ou fadiga. O NONI estimula o sistema imunológico, que desempenha papel importante na manutenção de nossa saúde, sendo primordial no combate de vários tipos de bactérias, desta maneira melhora o funcionamento do sistema celular. Além disso, o FDA declarou o NONI LIOFILIZADO um produto seguro.Em 1985 a fruta foi transformada em NONI LIOFILIZADO para garantir o mais fino processo de manutenção dos nutrientes da fruta. Em 1994, após muito trabalho e pesquisas, o processo de liofilização da fruta foi patenteado pela US Pharmaceutical Pantented 5.288.491.
Pesquisas Científicas realizadas nos últimos 8 anos nos Estados Unidos, revelam que o Noni concentra mais de 150 nutraceuticos, os quais atuam em nosso organismo prevenindo e proporcionando melhora expressiva numa grande variedade de doenças. Nutracêuticos são nutrientes que atuam como agentes medicinais da fruta NONI, em que dentre propriedades: Regeneração Celular, Anti-séptico Natural, Analgésico, Anti-inflamatório, Antiparasitário, Regulador Metabólico…

IMPORTÂNCIA DO FRUTO O NONI possui a Xeronina que é um acalóide existente em todas as células dos seres vivos. Sua função principal é ativar as enzimas catalisadoras do processo metabólicos celulares e regulares a síntese das proteínas estruturais. Através disso descobriu-se que a Xeronina reativa a produção de proteínas catalíticas, encarregadas de transportar até as vias excretoras, as células mortas e outras substâncias indesejáveis. O NONI, também é rico em proxeronina, numa forma inativa precursora da Xeronina, que não é afetada pelos ácidos de enzimas gástricas, sendo metabolizadas no intestino grosso. ENERGIA E ÂNIMO Muitos os resultados positivos do NONI devem-se ao fato de ele produzir uma melhora de atividade da glândula pineal, localizada no cérebro. Esta importante glândula é um dos locais onde a Seretonina é produzida para logo ser utilizada na produção de outro hormônio, a Melatonina. A Seretonina e a Melatonina ajudam a regular o sono, a temperatura, os estados de ânimo, a depressão e a hipertemia.
DESEMPENHO SEXUAL = Como o NONI contribui para a dilatação dos vasos sanguíneos e contribuíram para a melhora arterial, 83% das pessoas que tomaram o suco de NONI apresentaram melhora significativa em seu desempenho.
DORES = A dor é um dos mais freqüentes sintomas eliminados ou reduzidos a partir do uso regular do NONI, Cientistas e pesquisadores da Universidade METz-França constataram que o NONI se mostrou 87% tão eficaz quanto o “sulfato de morfina”, uma droga usualmente utilizada pela Medicina para o controle da dor, principalmente em pacientes com câncer.
A grande diferença dos dois é que o sulfato de morfina causa dependência química e o NONI, além de não apresentar qualquer efeito colateral, não leva a absolutamente nenhuma dependência ou efeito colateral ou efeito tóxico.
HIPERTENSÃO ARTERIAL = A Escopoletina, um dos fito-nutrientes existentes no NONI, dilata os vasos sanguíneos previamente contraídos.Isto significa que o coração tem que trabalhar em excesso para bombear sangue pelos vasos contraídos. Como resultado a pressão arterial é normalizada, o coração se desgasta menos e sofre menos.
PROBLEMAS CARDÍACOS = A grande quantidade de bioflavonóides do NONI faz dele uma excelente alternativa de antioxidante, por isso um aliado eficaz contra prejudiciais radicais livres responsáveis pelo envelhecimento prematuro e degeneração das células.
O NONI estimula a produção de Oxido Nítrico, um gas produzido pelas células do corpo humano e que se comprovou recentemente exercer inúmeras funções, como dilatar vasos sanguíneos, contribuindo para a normalização dapressão artéria La “angina pectoris”.E ainda, auxilia no combate aos radicais livres evitando a oxidação do mau colesterol (LDL); inibindo também, a coagulação prematura do sangue prevenindo bloqueios nas artérias, os infartos cardíacos e acidentes vasculares cerebrais.
TRANSTORNO DO SONO = A Xeronina age sobre a regeneração celular da glândula pineal promove a adequada liberação de Serotonina, precursora de hormônio Melatonina, que tem ação reguladora do sono.
TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL = 78% das pessoas que ingeriam NONI tiveram excelentes resultados.
DIABETES = 1 E 2 Atua na diminuição do açúcar do sangue do sangue, auxiliando na manutenção dos níveis de insulina no corpo através da regeneração das ilhotas Langerthans, células situadas no pâncreas responsável pelo controle da diabetes.
OBESIDADE = O NONI auxilia no controle da obesidade agindo sobre os estados emocionais, diminuindo a ansiedade e a compulsão por comida. Melhora as funções hepáticas, digestivas e intestinais. Age sobre o sistema renal, melhorando a diurese e promovendo a eliminação de líquidos retidos no organismo.
CÂNCER = O Damnacantal é uma substância que inibe a ação de um grupo de células precursoras do câncer. Na medida em que o damnacantal impede o crescimento dos tecidos malignos, a Xeronina reparando o recido, ajudando a controlar o processo Leucócitogênese (Formação de novos leucócitos).
STRESS – Entre mais de 4000 pessoas pesquisadas pelo Dr. Neil Sólomoin que ingeriram NONI, 73% apresentaram melhora significativa em seu comportamento. Isso porque uma das muitas funções acalóide Xeronina é que seu acúmulo se verifica num logo adjacente ao da absorção da edorfina e atua como coadjuvante para ativar a proteína receptora do “bem-estar”.
TABAGISMO = 56% dos fumantes que ingeriram NONI sem intenção de parar de fumar acabaram o interesse pelo cigarro, eliminando-o de seus hábitos. Dr. Heinicke e outros médicos também constataram que muitas pessoas podem deixar outras dependências como, álcool, cocaína, maconha e heroína.

 

CONDIÇÕES CLÍNICAS PARA AS QUAIS OS NONI PODE SER USADO.
Sinusite, Asma, Bronquite, Úlceras Gástricas e Duodenais, Gastrite e Refluxo Esofágico, Artrite Reumatóide, Psoríase, Tireoidite, Doença de Crohn, Lúpus Eritematoso, Herpes tipo 1 e 2, Hepatite Crônica, inflamação Pélvica, Candidiase, Afta, Fibróides Uterinos, Aterosclerose, Diverticulite, Verrugas, Doenças Viróticas, Desânimo, Diarréia, Parasitoses Intestinais, Intoxicação por alimentos, Tosse, Dores de garganta, Tuberculose, Cólera, Resfriados, Artrite, Tendinite e Fribromialgia, Queimaduras, Feridas, Úlcera, abscessos, Celulite, Furúnculos, moléstias do couro cabeludo e a maioria dos estados febris, independente de sua causa.
DOENCAS AUTO-IMUNES: Artrite reumática, psoríase, diabetes, tiróide, doenças de Crohn e lúpus, eritematoso, Ingrediente Ativo: Xeronina, escopoletina, terpenos. Infecções: Herpes tipo 1 e 2, hepatite crônica, inflamação pélvica, síndrome pós viral, pancreatite, tiróide viral, infeccções produzidas por fungos, mofo e levedura tais como pé de atleta, candidiase, afta e muitas outras infecções micóticas (fungos).
Ingrediente Ativo: Xeronina, d-glucopyranosides; Desarranjo progressivo de tecidos específicos: Fibróides: uterinos, arteriosclerose, diverticulite, verruga, falha na defesa contra as células malignas que podem causar câncer. Ingredientes Ativos: Xeronina; Imunodeficiência: Doença virótica como HIV e a de Esptein-Barr, candidíase crônica, falta de energia vital e AES, que é uma resposta energética alterada diante do manejo do stress.Ingredientes Ativo: Xeronina, Terpenos.
Sistema orgânico e problemas de saúde que responderam positivamente ao tratamento com NONI:
Aparelho Digestivo: Diarréia, parasitas intestinais, enjôo e intoxicação com alimentos. Ingrediente Ativo: Xeronina. Aparelho Respiratório: Tosse, dor de garganta, tuberculose, cólera, resfriado em crianças. Ingrediente Ativo: Xeronina; Sistema cardiovascular: Hipertensão, engrossamento do músculo cardíaco (hipertrofia do ventrículo esquerdo) Ingrediente Ativo: Xeronina, terpenos.
O NONI mata a bactéria H.PILORI, responsável pela gastrite e úlcera digestiva e combate muitos tipos de bactérias. “O NONI é incrível. Porque ajuda pessoas a quem a ciência médica Tradicional não consegue ajudar.”Dr.Stephen Hall.
TABELA NUTRICIONAL DO NONI
Os curadores polinésios nativos falam dos incontáveis usos do noni. Esse fruto intrigante era o segredo de uma vida plena de saúde.
O NONI representa o mais puro espírito da tradição, cultura e legado da Polinésia Francesa.
A vasta quantidade de nutrientes e outras substâncias existentes no Noni (cujo pH está entre 3 e 4) faz dele um dos produtos naturais nutricionalmente mais ricos que a humanidade já conheceu.
Essencialmente não contém gorduras e colesterol.
Componentes nutracêuticos no NONI : Acetin Gluco p Histadina Ácido Caprilico Isoleucina Ácido Capróico Leucina Ácido Ursólico Lisina Alananina Magnésio Alcaloide Metionina Alizarina Morindadiol Antraquinonas Morindina Arginina Morindona Aspargo Nodamnacantal Asperulosido Oligoelementos Ativadores de Serotonina Múltiplos Receptores Proteína Bioflavanóides Proxeronase Carbohidratos Proxeronina Carbono Proxeroninase Carotenóides Rubiadina Cisteína Rubiadina MME Cistina Selênio Clororrubina Serina Cofatores SeroTbonina Damnacanthal Serotonina Enzimas Sitosterol Escopoletina Sódio Esterois Vegetais Terpenos Fenilalanina Tirosina Ferro Treonina Fosfáto Triptofano Glicina Valina Glicosideos Vitaminas Glucopiranoso Xeronina Glutamato Prolina entre outras substâncias.

 

COMO PREPARAR O SUCO DE NONI.

Tomar um copo de suco, em jejum pela manha.
Ingredientes: 1 Litro de água, 100 gramas de NONI, deixar por 12 horas na geladeira. Tomar o suco puro ou batido no liquidificador. Adoçar a gosto. Após tirar o suco, poderá ser feito por mais 4 vezes o mesmo processo tirando o suco e repondo a água. No quinto dia bata as sementes no liquidificador e coe fazendo uma polpa para serem misturadas a qualquer outro suco cítrico ou mesmo em arroz, feijão, verduras. Dica.. O farelo poderá ser aproveitado na alimentação de animais.I

O Noni cha desidratado e nativo da Polinésia Francesa (Morinda Citrifolia) É utilizado no combate ao envelhecimento, dores, insônias,energia, diabetes, pressão alta,artrite e outros tipos de enfermidades. Sao de grande benefícios nos sistemas cardiovascular, ósseo, nervoso, imunológico, respiratório, endócrino, muscular, cutâneo, e na degradação progressiva dos tecidos. Cientistas comprovam mais de 101 propriedades no fruto noni, dentre elas: regenerador celular, anti-séptico natural, analgésico, antiinflamatório, antiparasitário, anticancerígeno, regenerador de células danificadas, regulador metabólico, entre outras. Essas propriedades devem-se a presença dos seguintes componentes ativos presentes no noni 1-Xeronina (proxeronina, proxeronasa, serotonina) – a xeronina é um alcalóide presente nas células do seres vivos. O fruto desidratado NONI é rico em proxeronina (forma inativa precursora da xeronina, que não é afetada pelas enzimas gástricas) e proxeronasa, a xeronina se transforma no intestino grosso sendo depois absorvida pelas células do corpo. Tem como função: ativar enzimas catalisadoras dos processos metabólicos celulares e regular a síntese das proteínas estruturais, pois mesmo as células possuindo receptores específicos para xeronina, estes podem estar ocupados por radicais livres ou simplesmente estar desocupados por deficiências; reativar a glândula pineal envelhecida, além de todas as glândulas endócrinas, exócrinas e mistas; ativar a produção de proteínas catalíticas, encarregadas de transportar até as vias excretoras as células mortas e outras substâncias indesejadas. Damnacantal (nodamnacantal, antraquinosas, carotenóides, terpenos, esteróides vegetais, glicosídeos, precursores de serotonina, oligoelementos, entre outros.O damnacantal é uma substância que inibe a ação de um grupo de células,precursoras do cancro tumoral. Na medida em que ele impede o crescimento dos tecidos malignos, a xeronina vai reparando o tecido, até controlar o processo reprodutivo das células e estimulando o sistema imunológico, para acelerar o processo de formação de novos leucócitos. 3-Enzimas (ativadores de múltiplos receptores, bromelaina, escopolamina, metionona, iso-leucina, lisina, fenilalanina, treonina, triptofano, valina, histidina, magnésio, carbonato, proteína, sódio entre outras). A escopoletina, além de dilatar os vasos sanguíneos, une-se a serotonina contribuindo para normalizar a tensão arterial, uma vez que melhora a circulação e a oxigenação. A bromelaina retarda o envelhecimento do corpo, além de ajudar na digestão e absorção dos nutrientes. Bioflavonóides (ferro, alanina, arginina, cistina, glicina, glutamato, tirosina, prolina, serina, entre outros) – a grande quantidade de bioflavonóides do sumo de noni fazem dele um poderoso antioxidante, eficaz no combate aos radicais livres, que são responsáveis pelo envelhecimento prematuro e degeneração das células. O noni estimula a produção de óxido nítrico, um gás produzido pelas células do nosso corpo, que tem como função: dilatação dos vasos sanguíneos, contribuindo assim para a normalização da pressão arterial, melhora da circulação e oxigenação, prevenindo a angina pectoris e a impotência sexual, e melhorando a memória; ajuda a combater os radicais livres e a evitar a oxidação do “mau” colesterol; inibe a coagulação prematura do sangue, prevenindo o bloqueio nas artérias, causadores de infartos cardíacos e cerebrais; estimula o sistema imunológico contra bactérias, vírus e células cancerígenas; melhora a eficiência da comunicação entre as células cerebrais e o resto do corpo; ajuda a manter os níveis de insulina no sangue, auxiliando no controle e prevenção do diabete; prevê um estímulo adequado para a secreção do hormônio de crescimento, fator chave para evitar o envelhecimento e manutenção da massa muscular e a densidade óssea. Observação: O cha de noni não é um medicamento, nem tem como pretencao de curar doenças. É um cha natural de um fruto, que contém nutrientes regeneradores celulares, o que indiretamente faz com que o próprio organismo corrija o seu mau funcionamento. Não tem contra-indicações nem efeitos secundários. É seguro durante a gravidez e lactação. É compatível com qualquer idade e tambem nos tratamentos médico.

COLABORAÇÃO:

José Alves de Araújo
TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA

EMATER PARAIBA

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

SAÚDE

Uma maçã por dia pode reduzir risco de Alzheimer, diz ciência

Publicado

em

Compostos naturais encontrados na casca e na polpa das maçãs podem reduzir o risco de desenvolver Alzheimer e outras formas de demência.

Foi o que constatou uma pesquisa feita por especialistas do Centro Alemão de Doenças Neurodegenerativas (DZNE) em Bonn, Alemanha.

Eles descobriram que altas concentrações de compostos existentes em maçãs, conhecidos como fitonutrientes, estimulam a criação de neurônios – células responsáveis pela nossa memória – em um processo denominado neurogênese.

Dois compostos – quercetina na casca da maçã e ácido diidroxibezóico (DHBA) na polpa da maçã – geraram neurônios no cérebro de camundongos, em testes de laboratório.

“Uma maçã por dia mantém o médico longe – pode haver alguma verdade nessa frase”, dizem eles no artigo, publicado na revista científica Stem Cell Reports.

“Neste estudo, demonstramos que as maçãs contêm compostos pró-neurogênicos, tanto na casca quanto em sua polpa”.

Estudo

O estudo mostrou que células-tronco cultivadas em laboratório, de cérebros de camundongos adultos, geraram mais neurônios e foram protegidas da morte celular quando quercetina ou DHBA foram adicionados às culturas.

Testes subsequentes em ratos mostraram que em estruturas distintas do cérebro adulto associadas ao aprendizado e à memória, as células-tronco se multiplicaram e geraram mais neurônios, quando os ratos receberam altas doses de quercetina ou DHBA.

Os efeitos na neurogênese foram comparáveis ​​aos efeitos observados após o exercício físico, que é um estímulo conhecido para a neurogênese.

Isso sugere que compostos naturais em frutas, não apenas quercetina e DHBA, mas potencialmente outros, podem atuar em sinergia para promover a neurogênese e a função cerebral quando administrados em altas concentrações.

Suco não funciona

Os pesquisadores também examinaram efeitos do suco de maçã concentrado em ratos e constaram que suplementação em 3 semanas não teve efeito sobre a neurogênese.

“Dado que a concentração de quercetina no suco de maçã é muito baixa (abaixo de 2 mg / litro) … concluímos que esta é provavelmente uma concentração insuficiente de fitoquímico ativo para modular a neurogênese”, disse a equipe.

Outros benefícios

Embora se saiba que uma maçã por dia faz bem, duas maçãs por dia podem ser melhores para reduzir o risco de sofrer um ataque cardíaco ou derrame, descobriram os especialistas em 2019.

Quando 40 pessoas com colesterol ligeiramente alto comeram duas maçãs grandes por dia durante oito semanas, isso reduziu seus níveis de colesterol “ruim” em quase quatro por cento.

Duas maçãs por dia podem ajudar também a reduzir o risco de derrame ou ataque cardíaco, que pode ser causado pelo endurecimento das artérias pelo colesterol.

“Parece que o velho ditado de um dia de maçã estava quase certo”, disse a autora do estudo, a professora Julie Lovegrove, da Unidade de Nutrição Humana Hugh Sinclair da Universidade de Reading, na época.

‘Acreditamos que as fibras e os polifenóis nas maçãs são importantes, e a maçã é uma fruta popular entre todas as idades”, lembrou a pesquisadora.

Dois compostos - quercetina na casca da maçã e ácido diidroxibezóico (DHBA) na polpa da maçã - geraram neurônios no cérebro de camundongos em testes de laboratório
Dois compostos – quercetina na casca da maçã e ácido diidroxibezóico (DHBA) na polpa da maçã – geraram neurônios no cérebro de camundongos em testes de laboratório

Com informações do Daily Mail

Continue lendo

SAÚDE

Sintomas da ‘Covid longa’ atingem até 80% dos infectados pela doença

Publicado

em

Náusea, tosse, suor, zumbido no ouvido e problemas de sono afetam a vida de Eduarda Norat, de 22 anos. Três meses depois de ter se curado da Covid-19, Eduarda sofre com alguns dos 55 sintomas mais conhecidos de uma doença que vem sendo chamada de “Síndrome Pós-Covid”, “Covid longa”, “Covid persistente” ou “Covid prolongada”.

“Às vezes, depois de subir uma escada, parece que corri uma maratona”, disse Eduarda Norat, que teve Covid em novembro.

O nome oficial e as classificações destas complicações da Covid-19 devem ser definidos em breve por especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS). A entidade reúne dados de pesquisas pelo mundo que já apontam, por exemplo, que as mulheres são as que mais relatam as complicações oriundas da infecção pelo Sars-Cov-2.

Um dos artigos mais recentes e abrangentes sobre o tema é de um grupo de universidades dos Estados Unidos, do México e da Suécia. Eles fizeram a revisão de 18 mil pesquisas publicadas sobre o assunto até 1° de janeiro de 2021.

Os pesquisadores selecionaram as 15 principais publicações (nove do Reino Unido, três dos Estados Unidos, um da Austrália, um da China, um do Egito e um do México) mais relevantes sobre a Covid prolongada pelo mundo e identificaram 55 sintomas principais.

Entre os 47.910 pacientes que integraram os estudos, os cinco principais sintomas detectados foram: fadiga (58%), dor de cabeça (44%), dificuldade de atenção (27%), perda de cabelo (25%) e dificuldade para respirar (24%). Cerca de 80% das pessoas que pegaram a doença ainda tinham algum sintoma pelo menos 2 semanas após a cura do coronavírus.

Mesmo que ocorra com mais frequência em pacientes que sobreviveram à versão grave da doença, a Covid prolongada também é comum após as versões leve e moderada, sem precisar de hospitalização.

Além disso, um dos estudos analisados na revisão aponta que a fadiga após o coronavírus é mais comum entre as mulheres, assim como a perda de cabelo; os outros 14 artigos não fizeram análise por gênero.

Mulheres, jovens e sem hospitalização

Ao ver a lista de 55 sintomas apresentada pelo estudo, Eduarda reconheceu mais efeitos em seu corpo. “Tem coisas aí que eu estava sentindo e eu nem sabia que era sintoma”, afirmou. Norat conta que, à época em que desenvolveu a doença, chegou a apresentar outros sintomas, como falta de olfato e paladar, mas não precisou ser internada.

”Os únicos cheiros que eu sentia eram os mais fortes, tipo perfume ou ketchup, mas era um cheiro bem esquisito, parecia vinagre”, contou Eduarda Norat.

Norat é jovem, mulher e desenvolveu a versão leve da doença, um dos perfis investigados para a Covid longa.

Em entrevista ao G1, David Strain, consultor do sistema de saúde britânico (NHS) e pesquisador da faculdade de medicina da Universidade de Exeter, no Reino Unido, explica que o instituto nacional de estatísticas do país aponta que as mulheres têm maior probabilidade de terem a Covid prolongada – em torno de 74%.

Devido à ação do coronavírus nas células, Strain também explica que a Covid pode atingir os jovens. Ele pondera, no entanto, que ainda não é uma verdade absoluta.

“É importante reconhecer que podemos estar apenas observando um ‘viés de reportagem’. As mulheres são mais propensas a procurar ajuda quando têm um problema, em comparação com os homens. Isso já é bem conhecido”, disse.

Segundo o pesquisador britânico, a maioria dos pacientes (75%) com Covid longa do NHS são mulheres mais jovens (com menos de 50 anos). Os 25% restantes são homens ou mulheres com 51 anos ou mais. Além disso, ele avalia que a gravidade inicial da doença – leve, moderada ou grave – não tem mostrado muita influência nas chances de ter ou não os sintomas após a cura.

Pesquisa no Brasil

Desde março, quando os primeiros casos de coronavírus começaram a chegar no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, em São Paulo, os médicos acompanham a resposta e a recuperação dos pacientes.

Lívia Pimenta Bonifácio, fisioterapeuta e pesquisadora da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP), está perto de acompanhar o desfecho de 200 pacientes com a Covid-19. Os resultados do estudo ainda são preliminares.

Origens da Covid Longa

Bonifácio acredita que a Covid longa pode ser uma “segunda onda” do estrago feito pelo coronavírus no corpo. O Sars CoV-2 utiliza a proteína Spike (S) para se ligar ao receptor ACE2 das células humanas e iniciar a infecção. Nosso sistema respiratório tem tecidos formados com o receptor, e é por ali que o vírus ataca inicialmente.

“Mas existem outros sistemas que têm receptores para o vírus, por exemplo, o coração, o cérebro. Então, o vírus gera primeiro uma inflação gigantesca, e o organismo reage com uma bagunça também gigante, e isso causa a Covid prolongada” – Lívia Pimenta Bonifácio, fisioterapeuta e pesquisadora da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP

Entre os pacientes acompanhados pela USP de Ribeirão Preto, 64% ainda tinham algum sintoma depois de 6 meses sem o vírus. A fadiga também foi o efeito de longo prazo mais frequente. A pesquisadora ainda não conseguiu avaliar gênero e idade.

Tratamentos

Sem um nome definitivo, esse conjunto de sintomas que continua após a cura do coronavírus é chamado de “Síndrome Pós-Covid”, “Covid longa”, “Covid persistente”, “Covid prolongada”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) faz uma série de encontros neste mês para definir junto a especialistas quais são os efeitos mais frequentes e como tratá-los. Por muito tempo, a expressão “sequelas da Covid” foi utilizada. Agora, os cientistas preferem usar outros termos e delimitar o que é, de fato, uma mudança permanente no corpo das pessoas curadas.

Por enquanto, de acordo com David Strain, não há um tratamento eficiente. Uma das diferenças da fadiga e do cansaço ligados ao coronavírus é que os programas tradicionais de exercícios graduais para a recuperação do fôlego não funcionam.

“O caminho para a Covid longa é ficar constantemente dentro do seu ‘envelope de energia’, entendendo que esse envelope ficará maior com o tempo”, disse Strain.

Os pesquisadores estudam o uso de suplementos vitamínicos para tentar solucionar o problema, mas, por enquanto, nenhuma medida se mostrou eficaz.

G1

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados