Connect with us

ENTRETENIMENTO

‘A gente sempre pode fazer graça’, diz filho sobre lição deixada por Shaolin

Publicado

em

“A lição que ele deixou foi de que não importa a desgraça, a gente sempre pode fazer graça”, disse o filho do comediante Shaolin, o também comediante Lucas Veloso, durante o velório do pai na manhã desta quinta-feira (14) em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. O comediante morreu aos 44 anos na madrugada após uma parada cardiorrespiratória, em uma clínica particular da cidade.

Lucas Veloso, filho de Shaolin, no velório em Campina Grande (Foto: Artur Lira/G1)Lucas Veloso é comediante como o pai
(Foto: Artur Lira/G1)

Lucas contou que esteve com o pai na noite de quarta-feira (13) e que “ele estava sereno”. “Foi uma surpresa porque ele estava muito bem. O que sinto agora, depois de quase 20 anos convivendo com um paizão maravilhoso, é mau humor”, disse. O filho do comediante também destacou a luta pela vida nos últimos anos. “Ele sofreu o acidente e passou cinco anos mostrando que não e um ‘caminhãozinho’ que tira a gente da estrada”, lembrou.

O velório foi aberto ao público por volta das 11h05 depois de ter sido iniciado de forma privativa pela família e amigos às 9h30, no cemitério Campo Santo Parque da Paz, em Campina Grande, e deve voltar a ser restrito às 15h (horário local). O enterro está programado para as 17h (horário local).

Lucas Veloso está seguindo a mesma profissão que o pai e, em entrevista em abril de 2014, ele contou que o pai acompanhava seus primeiros passos de perto. “Ele está consciente, entende tudo. É inclusive, digamos assim, o diretor do meu show. Todas as piadas eu testo com ele para saber se pode ou não ir”, contou na época.

Nesta quarta-feira, o jovem também tinha publicado em seu perfil em uma rede social uma homenagem ao pai. “Não aprendi dizer ‘adeus’/ mas deixo você ir, sem lágrimas no olhar/ seu adeus me machuca/ o inverno vai passar, e apaga a cicatriz.” Descanse em paz, meu guerreiro! Desejo honrar sua alegria todos os dias! #LUTO”, disse, citando música do cantor Leonardo, que era imitado por Shaolin. Até as 9h30 (horário local) a publicação já tinha mais de 4,7 mil compartilhamentos.

Quem também relatou surpresa com a notícia da morte de Shaolin foi o produtor dele, Ruan Cibalde, que destaca que o artista vinha em um quadro de boa evolução, com agravamento da saúde repentino. “Ele vinha em um constante quadro se evolução lenta, porem positiva, e de ontem para hoje pegou todos de surpresa”, disse durante o velório.

Ruan conta que amigos e família estavam “comemorando cada passo, desde quando ele voltou a respirar sem os equipamentos, abriu os olhos, o primeiro movimento, a volta para casa e essa febre e a infecção pegou todos de surpresa”.

 

MORRE SHAOLIN
Humorista faleceu aos 44 anos na Paraíba

Cuidados em casa
Shaolin recebia cuidados médicos em casa desde 2011, após sofrer um acidente de carro. A informação da morte foi publicada no Facebook de Laudiceia Veloso, viúva do artista.

“#‎LUTO‬ Depois de 1821 dias, nosso guerreiro terminou sua batalha. É com muita tristeza que divido a nossa dor com todos vocês. Shaolin apresentou um quadro febril nesta terça e que, infelizmente evoluiu para uma infecção, precisando de internação imediata. Recebemos a notícia do hospital, neste momento, que ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. As informações sobre velório e local de sepultamento, divulgarei mais tarde. Obrigada a todos pelas orações e pela força!”, informou a viúva pela rede social.

‘Alegria de viver’
Apesar de estar acamado após quase cinco anos de acidente de carro, Shaolin, tinha alegria de viver. Isso é o que diz o cunhado do artista, Ricardo Santos. Segundo ele, Shaolin começou a ter complicações na terça-feira (12), quando apresentou um quadro de febre. “Laudiceia [esposa de Shaolin] medicou ele em casa com a orientação dos médicos, Shaolin reagiu, a febre passou na terça-feira mesmo”, explicou Ricardo Santos.

Na quarta-feira (13), a febre voltou e a família e os médicos decidiram interná-lo em uma clínica no bairro da Prata, em Campina Grande. De acordo com o parente do humorista, ele estava em estado regular, mas durante a madrugada os familiares receberam dos médicos a notícia da morte.

Lucas subiu ao palco pela primeira vez com 5 anos de idade e ao lado de seu pai (Foto: Divulgação/Instagram)Filho de Shaolin fez carreira de comediante como o
pai (Foto: Divulgação/Instagram)

“Assim que ele chegou, os médicos detectaram um quadro de infecção pulmonar, que é até natural para um doente acamado. A gente não esperava [a morte]. Nós esperávamos que com a medicação houvesse uma evolução e ele recebesse alta e já voltasse para casa, pelo menos, até o fim de semana”, disse o cunhado.

O humorista não conseguia falar e se comunicava com expressões faciais. Mesmo com dificuldades, Shaolin era ativo na vida da família Veloso. “Ele estava 100% consciente. Tudo que se falava perto dele, ele demonstrava por meio da expressão facial. Ele ria quando achava engraçado, chorava quando achava triste. Ele tinha alegria de viver, que é o principal de tudo. Sempre teve muita força e lutou até o momento que pode. Jamais desistiu”, contou Ricardo Santos.

Por conta da morte de Shaolin, o prefeito de Campina Grande, cidade onde a o artista morava, decretou luto oficial na cidade por três dias.

Shaolin acompanhado da esposa, Laudiceia Veloso, que se dedica à sua recuperação em Campina Grande (Foto: Arquivo pessoal)Shaolin acompanhado da esposa, Laudiceia
(Foto: Arquivo pessoal)

O acidente
Shaolin sofreu um acidente no dia 18 de janeiro de 2011 na rodovia federal BR-230, em Campina Grande. No mesmo dia, Shaolin foi socorrido e internado no Hospital de Emergência e Trauma da cidade. Pouco tempo depois, foi transferido para o Hospital das Clínicas, em São Paulo, onde foi submetido a cirurgias e ficou internado por cerca de cinco meses.

O motorista do caminhão envolvido no acidente com o carro de Shaolin, Jobson Clemente, foi condenado no mesmo ano a dois anos em regime aberto, pena que foi convertida em prestação de serviços à comunidade e pagamento de três salário mínimos. Em 2012 o Ministério Público chegou a pedir revisão da pena, considerada muito branda, mas o pedido foi negado em outubro de 2015.

Em 2015, quatro anos após o acidente que o deixou em coma, Shaolin conseguia se comunicar e interagir com a família através de “expressões faciais e dos olhos”, conforme relatou sua à esposa época, Laudiceia Veloso.

Mulher do humorista Shaolin posta informação sobre a morte do marido (Foto: Reprodução/Facebook)Mulher do humorista Shaolin posta informação sobre a morte do marido (Foto: Reprodução/Facebook)

G1

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENTRETENIMENTO

Juliette comemora 20 milhões de seguidores ajudando 20 ONGs

Publicado

em

A equipe de Juliette Freire, do BBB21, mandou muito bem. Anunciou apoio a 20 ONGs para comemorar os 20 milhões de seguidores que a paraibana alcançou esta semana no Instagram.

O perfil de Juliette já apresentou as 20 organizações, das cinco regiões do Brasil e indicou para os seguidores ajudarem.

“20 milhões é tanta gente, tanto sonho, tanto empenho. Uma energia que a gente sente bater forte aqui, de verdade. […] Para um marco histórico, queremos uma atenção diferente. Por isso, entramos no site Para Quem Doar, e selecionamos 20 arrobas que merecem a nossa atenção.”

“Qualquer quantia ajuda, nem que seja R$ 1. Às vezes um simples compartilhamento contribui bastante também. Vamos juntos usar a potência dos cactos para transformar as coisas ao nosso redor?!”, diz a publicação.

Famosa

Juliette tinha pouquíssimos seguidores quando entrou no programa.

Hoje ela já tem mais fãs que o próprio Tiago Leifert. O apresentador do BBB tem 6,2 milhões de seguidores no Instagram.

Forte candidata a ganhar esta edição, Juliette também impressiona com a baixíssima percentagem de votos que recebe nos paredões, em comparação com os colegas que deixam o programa.

Ah, quando a gente terminava de escrever esta matéria, Juliette já encostava nos 21 milhões de seguidores!

Veja as ONGs apoiadas no post:

 

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do Só Notícia Boa

Continue lendo

ENTRETENIMENTO

Roberto Carlos, quase aos 80 anos, defende a vacina e diz que pandemia afetou TOC

Publicado

em

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — Uma grande notícia surge do bairro da Urca, no Rio de Janeiro, onde Roberto Carlos mora desde 1980, numa cobertura do prédio Golden Bay — o rei está trabalhando. 

“Sim, tenho trabalhado bastante em casa compondo novas canções”, afirmou, em entrevista distribuída por sua assessoria de imprensa. O artista fará 80 anos na próxima segunda-feira, dia 19.

Não é uma notícia menor para os fãs. Para um artista cuja carreira se confundia com o hábito de lançar um álbum de inéditas todo final de ano, Roberto tem se mostrado muito pouco produtivo nas últimas décadas.

Seu último álbum de inéditas naquela toada quase anual — ele já vinha pulando um ano ou dois — é de 2005. Depois disso, ele lançou apenas dois EPs, com quatro músicas cada um, puxados pelos hits “Esse Cara Sou Eu”, em 2012, e “Sereia”, em 2017.

Questionado que tipo de música estaria fazendo se ainda tivesse 20 anos, ele lembrou esses últimos sucessos. “Estaria fazendo o mesmo tipo de música que faço hoje. ‘Esse Cara Sou Eu’ e ‘Sereia’ são exemplos disso.”

Roberto também adiantou a próxima canção que vai lançar. “Tenho um dueto com [a cantora paraense] Liah Soares para a próxima novela das nove da TV Globo, ‘Um Lugar ao Sol’, de autoria de Licia Manzo. É uma linda canção, composição da Liah e Iana Marinho, e estou muito contente com esse trabalho.”

Outra novidade é o início das filmagens de uma obra sobre sua vida. “Um filme sobre a minha vida dirigido por Breno Silveira começa a ser rodado no início de 2022 e contando tudo da minha vida, desde que nasci. Vamos contar tudo”, lembrando provavelmente o acidente que sofreu quando criança, em Cachoeiro do Itapemirim, e que custou a ele parte da perna direita.

As afirmações de Roberto fazem parte de um questionário de cerca de 60 perguntas enviadas por jornais e revistas do Brasil inteiro em razão de seu aniversário. O artista respondeu por escrito a cerca de um terço delas, contando inclusive que a pandemia atrasou um pouco o tratamento do transtorno obsessivo compulsivo, ou TOC, de que sofre há décadas.

“Não estou curado totalmente do TOC. Na realidade, do conjunto de coisas que tenho do TOC, uma delas é a higienização, lavar as mãos, essa coisa toda. E isso, logicamente, ficou mais rigoroso. Mas não estou curado do TOC totalmente não, ainda tem muita coisa, estou tentando, estou lutando”, afirmou. “Lido com total cuidado, até de repente um pouco exagerado, mas sigo realmente tudo o que deve ser feito, os cuidados que devem ser tomados.”

“Defendo, de verdade, a ciência”, disse, a respeito da primeira dose da vacina que tomou, em 1º de março. “A ciência é que realmente pode orientar o povo, o que deve ser feito em relação à vacina, a importância da vacina. Defendo a ciência e tudo que alguém diz em nome da ciência. Me vacinei, estou mais tranquilo e agora estou para receber a segunda dose da vacina, mas estou mantendo os mesmos cuidados de sempre. Repito: a vacina é muito importante e todos devem se vacinar. Vacina sim!”

Roberto também pediu que as recomendações sanitárias sejam seguidas por seus fãs. “O que eu quero pedir é que levem a sério, que sigam rigorosamente as orientações das autoridades do setor de saúde. Usem máscaras, lavem as mãos, usem álcool em gel, mantenham o distanciamento social o máximo possível e tomem vacina. Isso com certeza vai ajudar muito a acabar com esse problema.”

E lembrou que não gostaria que esses fãs fizessem homenagens para seu aniversário na segunda-feira, na frente de seu prédio. “[Vou passar o aniversário] em casa. Para evitar aglomerações, peço a vocês que também fiquem em casa e eu estarei recebendo esses abraços, esse carinho e todo esse amor a distância, que é como deve ser feito nesse momento.”

“O momento de aniversário é sempre um momento de muita reflexão, de se pensar muito na vida, no passado, no presente e no futuro. Brindo sempre à saúde, ao amor, à felicidade e às bênçãos do nosso Deus de bondade. Amém.”

Além de trabalhar, o artista revelou um pouco do seu dia a dia na cobertura da avenida Portugal. “Sou fã do BBB e assisto quase todos os dias, me divirto muito”, disse, respondendo ainda que a única coisa que não pode faltar em sua geladeira é sorvete.

Comentou também a falta que sente dos palcos e do amigo e parceiro Erasmo Carlos. “Sinto falta de tudo isso, do palco, das luzes e principalmente da plateia. De estar de frente para o público em contato direto com as pessoas, dos sorrisos, dos olhares, desse carinho e desse amor que eu recebo nesse momento em que estou no palco. Sinto falta sim, mas isso vai passar e daqui a pouco a gente está de volta.”

“A minha amizade com Erasmo continua a mesma de sempre. Erasmo é meu grande irmão, meu parceiro em quase todas as canções que tenho feito até hoje. Mas nós respeitamos muito as regras de distanciamento social. Vamos nos falar por telefone com o abraço de sempre e, quando tudo isso passar, a gente vai comemorar com um outro grande abraço.”

Questionado sobre arrependimentos, Roberto Carlos disse que os têm principalmente por não ter agido em algumas ocasiões. “Sim, por algumas coisas que não fiz e outras poucas coisas que fiz. Mas me arrependo sim, seja como for me arrependo sim.”

Ao fim, deixou sua visão a respeito de se tornar octogenário. “Eu sou, aos 80 anos, o mesmo de sempre. E chegar aos 80 anos não me assusta porque isso vem acontecendo gradativamente. O importante é que eu me sinto bem e me sinto com menos idade do que a que tenho. Sou um cara com muitos sonhos aos 80 anos.”

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados