Connect with us

POLÍCIA

ASSISTA: vídeo registra momentos de tensão durante assalto praticado por bandidos em CG

Publicado

em

Um vídeo publicado no facebook do vereador Alexandre do Sindicato (PROS), e do presidente da Associação Campinense de Imprensa (ACI), Fernando Soares, mostram a ousadia dos bandidos após assaltarem um carro forte em Campina Grande usando uma ambulância.

As imagens tiradas de um edifício próximo do local, mostram os bandidos saindo do veículo com armas de grosso calibre e atirando para o alto. Dezenas de disparos foram registrados. Houve correria e tumulto no centro da cidade.

O assalto ao carro-forte foi registrado por volta das 9h da manhã desta sexta-feira, 29, em frente ao Banco Bradesco da Avenida Canal, no Centro de Campina Grande.

De acordo com informações preliminares da Polícia Militar, o carro-forte estava estacionado em frente ao banco quando indivíduos armados realizaram o assalto e fugiram em um veículo Corola branco, que logo foi abandonado e trocado por outro de cor preta, ainda não identificado.

A policia ainda não sabe quantas pessoas estavam envolvida no assalto,e quantas ficaram feridas. O Samu foi acionado e o trânsito no local ficou interditado.

A PM conseguiu prender um suspeito que estava com um malote de dinheiro e uma pistola. O carro Corolla foi apreendido para investigação. A polícia ainda não sabe quantas pessoas estão envolvidas no assalto e nem quanto foi levado.

“Será mais uma sensação de insegurança? As imagens do vídeo não é no Rio de Janeiro, São Paulo ou outros lugares que considerávamos perigosos, as imagens são na Avenida Canal em Campina Grande na manhã de hoje, sexta feira, 29 de Maio. Segundo informações, um carro forte foi roubado enquanto abastecia um banco privado na cidade. Não podemos mais sair de casa. Literalmente estamos presos Parabéns a polícia militar que agiu rápido e já capturou alguns bandidos que fizeram parte dessa ação”, postou o vereador.

CLIQUE AQUI E ASSISTA

 OU

ASSISTA NO YOUTUBE

PBagora

Continue lendo

POLÍCIA

PM prende suspeito de matar amante e enterrar corpo no quintal da avó em Sapé

Publicado

em

A Polícia Militar prendeu um jovem de 18 anos, que confessou ter assassinado a amante, uma mulher de 40 anos, e enterrado o corpo dela em uma cova rasa, em Sapé, na Zona da Mata paraibana. O crime aconteceu no domingo (29) e a prisão foi executada nesta quarta-feira (31).

O marido da vítima estranhou o desaparecimento da esposa e acionou a Polícia Militar. Em conjunto com a Polícia Civil, a PM chegou ao suspeito e ele confessou que matou a amante após terem uma discussão no domingo e enterrou o corpo dela no quintal da casa da avó dele.

Segundo informou a assessoria da Polícia Militar ao ClickPB, nesta quarta-feira, as equipes da 3ª Companhia do 7º Batalhão receberam a informação do desaparecimento da vítima e, nas buscas, encontraram o acusado, de 18 anos, em uma comunidade de Sapé.

Ele confessou o crime e revelou que o corpo da vítima estava enterrado no bairro Cuba de Cima, também em Sapé. O corpo foi encontrado no local indicado por ele, que ficava atrás da casa da avó do acusado.

O preso foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Sapé. Ele deve responder por feminicídio e ocultação de cadáver.

ClickPB

Continue lendo

POLÍCIA

Homem é preso no Sertão da Paraíba após se masturbar próximo a uma mulher em fila de lotérica

Publicado

em

Um homem foi flagrado praticando importunação sexual contra uma jovem na fila de um correspondente bancário. O crime aconteceu no município de Sousa, no Sertão da Paraíba, nesta segunda-feira (8), Dia Internacional da Mulher.

As primeiras informações são de que o homem teria se masturbado ao ponto de ejacular em direção à jovem. O homem fugiu, mas foi identificado nas imagens de câmera de segurança e preso, logo em seguida.

Ainda de acordo com as informações preliminares, o homem é natural de Vieirópolis, também no Sertão paraibano, e já tem passagem por roubo e porte de drogas no estado de São Paulo.

Importunação sexual é o ato obsceno praticado na presença de alguém sem o seu consentimento, com o objetivo de satisfazer a própria “lascívia ou a de terceiro”. A pena pode ser de 1 a 5 anos de prisão para quem for enquadrado nesse crime.

ClickPB

 

 

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados