Connect with us

ENTRETENIMENTO

Conheça os músicos que quase viraram jogadores de futebol profissional

Publicado

em

Você já imaginou ver o cantor Wesley Safadão marcando um gol e comemorando com a torcida do Ceará? E o sambista Diogo Nogueira com a camisa 10 do Flamengo, seria possível? Nos dias de hoje, isso pode parecer uma utopia gigante, mas quase se tornou realidade com os dois cantores e tantos outros músicos brasileiros e internacionais. Listamos alguns astros do mundo da música que, por muito pouco, quase viraram jogadores de futebol profissionais.

Wesley Safadão

Nova sensação da música brasileira, o cantor Wesley Oliveira da Silva, o Safadão, tinha planos de se tornar jogador de futebol, antes mesmo de começar a se arriscar no mundo do forró. Segundo a mãe do Safadão, Dona Bill, o caçula de três irmãos caiu na música por acaso, pois até os 12 anos de idade frequentava a escolinha do Ceará e tinha o sonho de virar profissional.

Djavan

Quem também jogou futebol durante a infância e quase virou profissional foi o Djavan, que atuou como meia do CSA, de Alagoas, mas, aos 19 anos, resolveu pendurar as chuteiras e seguir na música.

Jorge Ben Jor

Um dos nomes mais famosos da história da música brasileira, o cantor Jorge Ben Jor quase virou ídolo do time com maior torcida do Brasil. O astro jogou como volante no infanto-juvenil do Flamengo, mas logo optou pela música e resolveu incluir seu amor pelo Flamengo e pelo futebol em suas canções, entre elas: Fio Maravilha, País Tropical, Flamengo e Camisa 10 da Gávea.

Diogo Nogueira

Outro que quase fez sucesso na Gávea e por pouco não vestiu a camisa 10 do Flamengo foi o cantor Diogo Nogueira. Após passar pelas categorias de base de Vasco e Fluminense, além de atuar pelo CFZ, o filho do cantor João Nogueira, flamenguista de coração, fez um teste para se profissionalizar pelo Cruzeiro-RS, ao 23 anos, em 2004, mas acabou sofrendo uma grave lesão no joelho esquerdo, rompendo os ligamentos, optando assim em abandonar a carreira.

Jackson do Pandeiro

Indo mais longe, temos o exemplo de Jackson do Pandeiro. Aos 30 anos de idade, o cantor e músico brasileiro foi goleiro do Treze de Campina Grande, da Paraíba, mas em pouco tempo largou o futebol para se dedicar à música.

Julio Iglesias

Julio Iglesias era o goleiro das categorias de base do Real Madrid. Aos 20 anos sofreu um acidente e quase morreu. Enquanto se recuperava no hospital, ganhou um violão, presente que mudou sua vida, não voltou mais aos gramados.

Steve Harris

Steve Harris, baixista da banda de heavy metal inglesa Iron Maiden, sempre foi uma figura ligada ao futebol. Desde criança ele já demonstrava um grande interesse pelo esporte mais popular do mundo. Tinha como ídolos craques da grande geração campeã inglesa como George Best, Bobby Moore e Geoff Hurst, mas sua paixão maior era (e é) pelo time do East End, bairro onde nasceu, chamado West Ham United.

O “Hammers”, como é frequentemente chamado o time, é pouco conhecido internacionalmente e com certa freqüência aparece jogando a segunda divisão da liga inglesa, mas revelou grandes craques que foram campeões em 1966 pela Inglaterra. O time também é conhecido em função do filme Hooligans, lançado em 2005, que conta com Elijah Wood (o Frodo de Senhor dos Anéis) no elenco.

Durante a década de 70, o músico não só cantava “I’m forever blowing bubbles” (música clássica da torcida dos hammers) como também se dedicava a treinar para a peneira do West Ham.

Correio

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENTRETENIMENTO

Fernando Vanucci, apresentador, morre aos 69 anos em São Paulo

Publicado

em

O apresentador e jornalista Fernando Vanucci morreu aos 69 anos, em Barueri, na Grande São Paulo, na tarde desta terça-feira (24). Vanucci deixa quatro filhos.

Segundo Fernandinho Vanucci, filho do apresentador, em 2019, o jornalista colocou um marcapasso. Nesta manhã, ele estava em casa, passou mal e foi levado para o hospital.

De acordo com informações da Guarda Civil Municipal de Barueri e do filho do apresentador, Vanucci foi levado ao Pronto-Socorro central da cidade, onde morreu.

No ano passado, Vanucci sofreu um infarto e ficou internado no Hospital Oswaldo Cruz, onde passou por uma angioplastia coronária.

Nascido em Uberaba, Vanucci começou a trabalhar em rádio ainda adolescente. Na década de 70, começou na TV Globo, em Minas Gerais, e depois foi transferido para a Globo do Rio de Janeiro. Na Globo, apresentou jornais como o Globo Esporte, RJTV, Esporte Espetacular, Gols do Fantástico, entre outros.

Desde 2014, ele atuava como editor de esportes na Rede Brasil de Televisão.

G1-SP

Continue lendo

ENTRETENIMENTO

Sérgio Mallandro cai em golpe e perde bolada após investimentos em empresa suspeita

Publicado

em

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — Contratado por uma empresa golpista, o ator Sérgio Mallandro, 65, revelou que perdeu um valor alto após fazer investimentos em uma empresa que roubou mais de R$ 170 milhões. O fato foi revelado pelo Fantástico (Globo).

Segundo ele, a empresa estava acima de qualquer suspeita. Ele não fazia a menor ideia de que se tratava de um golpe. “Nunca imaginei que poderia ter tido uma notícia dessa. Fiz investimentos e todo mês tinha relatório mostrando. Acho que eu caí na pegadinha do Mallandro. Nunca tive retorno desse dinheiro”, disse ele sem revelar a quantia.

No esquema de pirâmides financeiras, as vítimas eram atraídas com a promessa de que ganhariam lucros acima do normal em caso de grande adesão. Mas ninguém nunca ganhou.
A Polícia Civil do Rio prendeu Jonas Jaimovick no início de novembro, o dono da empresa e maior suspeito de ser o responsável pelo crime. Ele era considerado foragido desde 2019.

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados