Connect with us

MUNDO

Coreia do Norte diz ter curado a aids, o ebola e o câncer com uma única droga mágica

Publicado

em

A Coreia do Norte afirmou ter desenvolvido uma nova droga capaz de curar não só a aids, mas também de erradicar o vírus ebola e câncer, segundo o mais recente anúncio da agência oficial de notícias do país.

O anúncio diz que a cura mágica consiste em ginseng — uma planta tradicional de alguns países do oriente — cultivado com fertilizantes e uma mistura de outros ingredientes. No entanto, o canal norte-coreano não revelou mais detalhes sobre a combinação especial.

Conhecida por fazer comunicados escandalosos sobre suas supostas realizações, o regime diz que o medicamento aparentemente vai ser injetável e será conhecido como Kumdang-2.

Em um comunicado publicado pela Korean Central News Agency, o Dr. Jon Sung Hun disse que “os pesquisadores inseriram elementos de terras raras em gingseng, aplicando os fertilizantes micro-elementares das terras aos campos”.

— Como um imunoativador forte, a injeção foi reconhecida como capaz de evitar diferentes epidemias malignas.

Até mesmo um portal sobre a droga foi criado na internet. Na página, é citado um estudo médico realizado na África, onde a droga foi testada em pacientes HIV positivos. O texto registra que todos os participantes dos testes tiveram uma melhoria em seus quadros, com 56% dos tratados tendo sido completamente curados e outros 44% tendo uma melhora considerável em sua condição.

Os cientistas norte-coreanos também revelaram que a droga é capaz de curar “um número de cancros”. Mas não divulgou quais tipos, nem se existem ensaios clínicos que embasem a afirmação.

R7

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MUNDO

Objeto brilhante misterioso é encontrado em deserto dos Estados Unidos

Publicado

em

Funcionários do Departamento de Segurança Pública de Utah, EUA, encontraram um misterioso monólito metálico brilhante no meio do deserto, enquanto ajudavam funcionários da Divisão de Recursos de Vida Silvestre na contagem de carneiros selvagens em uma área remota da região.

Após uma inspeção mais próxima, os funcionários deram conta de que se tratava de um monólito de metal que havia sido instalado em uma área isolada entre as rochas avermelhadas.

De acordo com o piloto Bret Hutchings, assim que o objeto foi avistado, eles retornaram para observar a misteriosa estrutura.

Posteriormente, as autoridades publicaram fotografias e vídeos de seu pessoal admirando o objeto, cujas dimensões podem chegar a 3,6 metros de altura.

O departamento mencionou em um comunicado que a localização do monólito não seria revelada, pois se encontra em uma área “muito remota” e temem que as pessoas possam ficar em perigo caso tentem acessar o local por conta própria.

Hutchings adicionou que todos pensaram que a estrutura era algo que a NASA haveria colocado no local. Ao se aproximarem, eles notaram que o monólito aparentemente não possuía nenhum propósito e consideram que possa ter sido criado por algum artista.

A instituição alertou aos cidadãos que “é ilegal instalar estruturas ou obras de arte sem autorização em terrenos públicos administrados pelo governo federal”.

A instituição alertou aos cidadãos que “é ilegal instalar estruturas ou obras de arte sem autorização em terrenos públicos administrados pelo governo federal”.

Brasil 247

 

 

Continue lendo

MUNDO

Vacina Sputnik tem 95% de eficácia e será mais barata que as americanas e europeias

Publicado

em

A Rússia anunciou esta terça-feira (24) que a sua vacina Sputnik V contra o coronavírus tem uma eficácia de 95%, segundo resultados preliminares. O país fez referência ao imunizante desenvolvida pelo Centro Nacional de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya em Moscovo. 

De acordo com a agência Reuters, governo russo informou que vai cobrar menos por sua vacina Sputnik V, contra a Covid-19, do que suas rivais e Moscou pretende produzir mais de 1 bilhão de doses dentro e fora do país no próximo ano.

Moscou tem sido criticada por cientistas ocidentais que acusam a Rússia de buscar atalhos em um esforço para acelerar a vacina Sputnik V, o que a Rússia nega.

Estabelecer um preço menor do que o de rivais pode ajudar a Rússia a obter uma parcela do mercado.

No Brasil, o vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz, Marco Krieger, afirmou que o cronograma estimado pela fundação prevê a produção de 130 milhões.

Brasil 247

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados