Connect with us

POLÍCIA

Dez são procurados na PB por fraudes de R$ 5 milhões em negócios, casas e carros

Publicado

em

Dez pessoas são procuradas pela polícia da Paraíba suspeitas de aplicar golpes na venda de veículos e imóveis, que somados, passam de R$ 5 milhões. Os nomes e as fotografias foram divulgados pela Secretaria de Comunicação da Paraíba nesta segunda-feira (28). Veja as fotos de sete deles e a orientação da polícia sobre como denunciar.

De acordo com Lucas Sá, titular da delegacia, a divulgação do nome dos procurados se faz necessária pela necessidade de cumprimento das medidas judiciais. “As prisões foram deferidas em razão do trabalho executado por esta unidade para a apuração de graves condutas criminosas praticadas pelos suspeitos foragidos. Também se faz necessária a divulgação pela imprensa, para que a população possa contribuir na localização desses suspeitos. As informações podem ser repassadas ao 197 – Disque Denúncia da Secretaria da Segurança e da Defesa Social, ou para o número da delegacia 3218-5333”, frisou a autoridade policial.

Eduardo Lemos Nunes Filho é procurado pela negociação de veículos e emissão de cheques bancários, que somam mais de R$ 800 mil em golpes. Contra ele existem três procedimentos em aberto com mandados de prisão preventiva decretados. Já Wellington Ângelo de Vasconcelos tem mandado de prisão preventiva decretado por fraudes em documentos públicos, abertura de empresas, empréstimos consignados e contratos de investimentos, que significam prejuízos de R$ 1 milhão.

Alexandre Borges Aragão é procurado pela Polícia Civil por causar um dano de R$ 1,5 milhão na negociação fraudulenta de veículos em João Pessoa. Ele é procurado e tem mandado de prisão preventiva decretado. Também por golpes na negociação de veículos é procurado Henrique Jorge Freire de Queiroz, conhecido como Nino, que tem dois mandados de prisão em aberto e causou prejuízo de R$ 800 mil; Sidartha Souza Araújo, com um mandado de prisão temporária e outro de prisão preventiva, com prejuízos de R$ 800 mil; Victor Fechine Peixoto, que causou um dano de R$ 150 mil; e Erasmo Barroso de Oliveira, com golpes que somam R$ 300 mil.

Outras duas pessoas, Everton Luís Xavier de Miranda e Jaqueline de Oliveira Pereira, são procurados pela DDF por fraude na abertura de contas bancárias. Ambos têm mandados de prisão preventiva decretados. Já Mário Sérgio Lima é procurado pela negociação de joias de maneira fraudulenta e é responsável por golpes no valor de R$ 100 mil.

Portal Correio

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

ESPERANÇA: padre suspeito de matar homem em acidente de carro vai responder em liberdade

Publicado

em

O padre preso no domingo (15) acusado de provocar um acidente que culminou na morte de um homem acabou conseguindo na justiça a sua liberdade provisória, o que permite que ele responda ao processo em liberdade. A suspeita é a de que ele estava embriagado quando perdeu o controle do carro que dirigia, na BR-104, em Esperança. Ele acabou invadindo a contramão e colidindo em uma moto que vinha no sentido contrário. Uma pessoa morreu na hora e outra ficou ferido.

O padre é conhecido por Assis e ele foi preso em flagrante na noite de domingo. Como o crime é inafiançável, ele dormiu na prisão. Mas, no dia seguinte, na audiência de custódia, a Justiça concedeu a ele o direito de responder em liberdade.

A delegada de Esperança, Socorro Silva, explicou que o processo continua. E que o próximo passo é ouvir o testemunho da pessoa que sobreviveu à batida. Ainda assim, ela já disse que vai indiciar o padre.

“Ele vai responder por homicídio e por lesão corporal no trânsito, com o agravante de estar dirigindo sob efeito de bebida alcoólica”, declarou a delegada.

O homem que sobreviveu ao acidente segue internado no Hospital de Trauma de Campina Grande. Ele chegou ao local gravemente ferido, mas os médicos conseguiram estabilizá-lo.

No dia do acidente, a Polícia Rodoviária Federal informou que o padre se recusou a fazer o teste do bafômetro.

Por G1 PB

Continue lendo

POLÍCIA

Cinco suspeitos de ataques a bancos são mortos após intensa troca de tiros com policiais em Areia-PB

Publicado

em

Cinco suspeitos de realizar ataques a bancos foram mortos, na madrugada desta quarta-feira (17), durante uma intensa troca de tiros com a Polícia Militar, na cidade de Areia, na Paraíba. Ainda na ação, outros dois foram presos, um ficou ferido e armas de grosso calibre, munições e os veículos usados pelos criminosos foram apreendidos. 

A Polícia Militar informou que por volta das 3h, cercou o município, frustrando assim ataques a bancos que os bandidos planejavam para a madrugada. 

Com a chegada dos policiais deu início a uma intensa troca de tiros. No tiroteio, cinco suspeitos de envolvimento com a quadrilha foram mortos e outros dois foram presos, além de um ferido. 

Ainda de acordo com a Polícia, os suspeitos espalharam grampos ao redor da cidade e derrubaram árvores por onde passaram, para impedir o acesso dos policiais. 

A ação contou com aproximadamente 40 policiais do 15º Batalhão, Grupamento Tático de Ações Especiais (GATE) e Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC).

As buscas ainda continuam. Nenhum policial ficou ferido. 

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados