Connect with us

ENTRETENIMENTO

Fernanda Montenegro: “Vivemos uma tragédia”

Publicado

em

Fernanda Montenegro não havia completado 50 anos quando, em 1976, nas páginas de VEJA, refletiu sobre a longevidade de sua carreira. “Quando a gente chega à casa dos 40 anos, deixa de ser novidade”, ponderava a atriz. Aos 87 anos, Fernanda é a memória das artes cênicas no país. Seus filmes, novelas e espetáculos teatrais já lhe renderam mais de uma centena de prêmios e a única indicação de uma atriz brasileira ao Oscar. Lavrar o inventário de sua obra implica, portanto, confrontar o que de melhor foi produzido nos palcos e telas do Brasil. Mas Fernanda diz não valer­-se de troféus para medir seu grau de satisfação. “Nunca almejei esses títulos. Aceitei minha vocação como um bicho impetuoso”, fala a VEJA.

Se Fernanda se resignou ao ímpeto de seu talento, o mesmo não se pode dizer sobre o momento atual. Em raro desabafo, a atriz afirma estar decepcionada com o PT e incrédula com os que ocuparam seu lugar. “Esses corruptos invadiram Brasília feito ETs e dominaram o país. Sempre votei no Lula, mas minha decepção começou há tempos, em 2012, quando ele visitou Paulo Maluf para pedir apoio à candidatura de Fernando Haddad à prefeitura de São Paulo, bem antes da Lava-Jato. Ali, a máscara caiu, e ele virou um anti-herói”, diz. Sobre a hipótese de Lula ser preso, diz a atriz: “O momento é tão surpreendente que não sabemos o que vai acontecer amanhã. Brasília continua como se nada estivesse acontecendo. A equipe do Temer está toda envolvida com corrupção. Mas, quando gritam ‘Fora, Temer’, não temos quem colocar no lugar. A Lava-Jato nos mostrou que todas as tendências partidárias e correntes ideológicas estão unidas no crime. A propina conseguiu algo incrível: unir esquerda e direita.” Fernanda diz que não vê esperança neste governo. “E o pior é que nem começamos a passar as coisas a limpo. Ainda estamos na fase de pôr as cartas na mesa. Muitas descobertas virão à tona. Vivemos uma tragédia.”E explica por que entoou o coro “Fora, Temer” no Festival de Teatro de Curitiba: “Acho que o Temer tinha de ter saído junto com a Dilma, já que era uma chapa só. Eles foram cúmplices, coniventes, aderentes.”

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENTRETENIMENTO

Roberto Carlos é vacinado contra a Covid-19 no Rio de Janeiro

Publicado

em

O cantor Roberto Carlos foi vacinado contra a Covid-19 nesta segunda-feira (1). O artista chegou dirigindo a um dos drive-thrus que fazem a vacinação na Zona Sul do Rio para pessoas com 79 anos até quarta-feira (3).

“Todo mundo tem que vacinar, deve vacinar, é importante. VACINA SIM”, escreveu o “Rei” em suas redes sociais.

Robertos Carlos é vacinado no Rio — Foto: Reprodução/Instagram

Também nesta segunda-feira, outros dois artistas se vacinaram contra a Covid-19: o cantor Ney Matogrosso e a atriz Betty Faria.

O cantor também fez uma postagem no Instagram. “Muito bem atendido, como todos que estavam lá”, escreveu, na rede social.

Ney Matogrosso é vacinado — Foto: Reprodução

Betty Faria deu entrevista para a GloboNews e criticou as festas realizadas durante carnaval. Ela afirmou ainda que situação da pandemia no Rio é uma tragédia.

Calendário de vacinação na semana

A Prefeitura do Rio vai vacinar até a próxima quarta (3) as pessoas com 79 anos.

Conforme o calendário divulgado, o atendimento nesta segunda-feira vai do meio-dia às 17h, enquanto que na terça-feira (2) e na quarta-feira (3), acontecerá das 8h às 17h.

O restante do calendário da semana será divulgado conforme forem chegando mais doses.

G1

Continue lendo

ENTRETENIMENTO

Apresentador da TV Record morre de Covid-19

Publicado

em

O apresentador do “Balanço Geral” em Mato Grosso, o jornalista Paulo Becker, morreu na tarde da última quarta-feira (24), aos 64 anos de idade, por causa da Covid-19. Em nota, a TV Amplitude lamentou o óbito. 

“Externamos nossas condolências aos familiares e amigos de nosso amigo e colaborador Paulo Becker. Que Deus, em sua infinita bondade e misericórdia o receba em sua morada eterna”, disse a Record TV de Juara, após Paulo passar 12 dias na UTI.

A prefeitura de Juara também emitiu uma nota de luto. “Paulo contribuiu de maneira relevante para a imprensa local. Seu legado de trabalho, certamente, será lembrado ainda por muitas gerações e merece o nosso respeito, apreço e admiração”, diz a nota publicada em nome do prefeito, Carlos Sirena.

Cenário nacional

Pelo menos 13 estados brasileiros estão com taxas de internação por Covid-19 acima de 80% nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) da rede pública.

De acordo com a plataforma Worldometers, que disponibiliza dados globais sobre os casos de coronavírus, o Brasil ocupa a terceira posição, com 10,4 milhões, atrás de Índia (11 milhões) e Estados Unidos (29,1 milhões). 

O governo brasileiro também registrou, até este sábado (27), a segunda maior quantidade de mortes (252 mil) provocadas pela pandemia. Nessa estatísticas os EUA ocupam o primeiro lugar (523 mil).

Inscreva-se no canal de cortes do 247 e assista a um vídeo em que a presidente do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (CEBES), Lúcia Souto, fala sobre a necessidade de medidas mais rígidas contra a pandemia: 

Brasil 247

 

 

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados