Connect with us

PARAÍBA

Google tem interesse em dar apoio tecnológico na Paraíba

Publicado

em

A secretária executiva de Ciência e Tecnologia da Paraíba, Francilene Procópio, e o presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq), Cláudio Furtado, se reuniram nesta sexta-feira (13) com o vice-presidente mundial da Google Inc, Vint Gray Cerf , durante a 10ª edição do Fórum de Governança da Internet (IGF), realizado no Centro de Convenções, para tratar de apoio tecnológico voltado à educação – ensino médio, superior e técnico -, saúde e cultura através do projeto Prima.

A primeira questão discutida foi as plataformas tecnológicas que a Google tem avançado, em nível mundial, aplicadas à educação. Segundo a secretária executiva Francilene Procópio, ficou acordada a possibilidade da criação na Paraíba de laboratório-fábrica, as chamadas “fab lab”, semelhantes às instaladas em parceria com a Google na Universidade Carnegie Mellon, no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos, com cursos voltados para a área de ciência e computação, robótica, engenharia e outros, considerados um dos melhores da América do Norte.

“Queremos ensinar crianças a partir dos 9 anos e jovens paraibanos a aprender determinados conteúdos fazendo. Tudo isso tem relação com o ensino de robótica nas escolas estaduais que o Governo do Estado já vem implantando, com o apoio da Secretaria de Educação, por meio da instalação de laboratórios. Vint colocou que, com o apoio da Google, o ensino pode ser ampliado levando a robótica, por exemplo, às instituições de nível superior, como a UEPB, e as escolas técnicas”, disse Francilene Procópio.

Durante o encontro, o matemático e informático estadunidense Vint Cerf ressaltou a importância da tecnologia da manufatura aditiva aplicada à saúde na Paraíba, as denominadas impressoras 3D, capazes de “imprimir” um objeto a partir do seu modelo digital projetado com auxílio de softwares específicos. No futuro próximo, as vantagens dessa tecnologia proporcionará a flexibilidade de produzir peças, protótipos, sem a necessidade de alta escala, diminuindo os custos, além de atender as necessidades específicas de cada paciente. A manufatura aditiva ainda permite a confecção de peças com geometrias extremamente complexas, difíceis de serem obtidas por meio de processos tradicionais de manufatura.

Para a secretária executiva de Ciência e Tecnologia da Paraíba, Francilene Procópio, a Paraíba contribuiu para deixar grandes legados ao mundo. “Tratamos sobre o criador do protocolo IP, discutimos projetos da Paraíba, não há mais nenhum questionamento sobre o Centro de Convenções capaz de sediar grandes conferências globais, a exemplo da Robocup, o sucesso das temáticas discutidas elogiadas pelos participantes, levando a encerrarmos o ciclo de fóruns da ONU. Além disso, tratamos sobre privacidade na internet, criptografia da comunicação online, marco civil e tantos outros assuntos. Fizemos história”, finalizou.

Durante a abertura oficial do IGF 2015, na última terça-feira (10), Vint ficou encantado com a apresentação do Projeto de Inclusão Através da Música e das Artes (Prima), hoje com mais de 1.700 crianças e adolescentes inscritos e que moram em áreas de vulnerabilidade social. “Dentro do conjunto de ações que vamos seguir dentro de um roteiro, após esta importante reunião com ele, o Prima poderá ser apoiado pela Google e empresas parceiras, pois ele ficou maravilhado com o projeto e interessado em ajudar”, acrescentou Francilene. Atualmente o projeto possui 12 polos e 19 núcleos em toda a Paraíba.

Com o título “Evolução da Governança da Internet: Capacitar o Desenvolvimento Sustentável”, o Fórum de Governança da Internet (IGF) viabilizou debates sobre questões de políticas públicas relativas a elementos importantes da governança da Internet fornecendo plataformas facilitadoras para discussões entre todos os setores. Também houve importantes debates sobre cibersegurança e confiança, economia da internet, inclusão e diversidade, abertura de acesso, internet direitos humanos, recursos críticos da internet, questões emergentes e cooperação multissetorial.

Compareceram ao evento executivos da Organização das Nações Unidas (ONU), do Google, multinacionais, além de embaixadores e autoridades representantes de 173 países.

PB Agora

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PARAÍBA

Dias difíceis: número de internações diárias passa de 70 na Paraíba e é maior do que início da pandemia

Publicado

em

Em vários estados do Brasil, incluindo a Paraíba, têm passado por dias difíceis em relação à pandemia da Covid-19. Somente na Paraíba, a quantidade de internações diárias passou das 70 – número que tem chamado a atenção das autoridades, pois nos dias considerados piores da pandemia em maio e junho, o número chegava a 55.

“Estamos atravessando momentos muito difíceis e principalmente nesse fim de semana: sexta, sábado e domingo. Nós pudemos assistir dias repetidos de mais de 70 pessoas precisando internação no Estado. Nos piores dias, de maio, junho do ano passado isso nunca passou de 53, 55 pessoas por dia. Isso mostra o momento que estamos vivendo”, afirmou, o secretário Executivo de Gestão de Unidades de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, como o ClickPB acompanhou. 

Ainda de acordo com o secretário são mais de 964 leitos ativos em todo o estado, sendo 418 somente na Região Metropolitana de João Pessoa. O gestor apontou que são 100 leitos a mais de UTI na Região Metropolitana de João Pessoa que no início do ano passado. No entanto, mesmo assim o volume de internações é maior e crescido muito mais rápido. 

 
 

Continue lendo

PARAÍBA

Diante da inércia de Bolsonaro, Pazuello quer que Congresso assuma combate à Covid-19, diz jornal

Publicado

em

Diante da inércia de Jair Bolsonaro (Sem Partido), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, trabalha nos bastidores junto a governadores para que os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), assumam a liderança no combate à Covid-19.

Segundo a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, o acordo de Pazuello com governadores e os parlamentares tem sido feito nos bastidores e “com cuidado para não provocar a ira do presidente”.

Nesta segunda-feira (8), o ministro se encontra com Wellington Dias (PT), do Piauí, que lidera o Fórum Nacional de governadores, na sede da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, para conversas sobre a distribuição da vacina. A reunião também servirá para colocar em marcha o plano para isolar Bolsonaro em questões de saúde relacionadas à pandemia.

As tratativas visam evitar o desgaste dos governadores, que têm sido alvo de ataques constantes do presidente.

O objetivo é que o grupo criado por Lira com governadores na semana passada concentre as principais ações para o combate ao coronavírus em temas como fabricação e compra de vacinas, leitos de UTI, equipamentos suficientes para hospitais, e medidas de restrição para frear a transmissão.

Além de parlamentares e governadores, o grupo pretende colocar representantes do judiciário, secretários de saúde e especialistas.

Dessa forma, Pazuello também tiraria de si a responsabilidade pelo aumento das mortes pela Covid-19 na segunda onda da pandemia.

Fonte: Revista Fórum

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados