Connect with us

PARAÍBA

Maranhão pede desculpas à PB por pedir voto para Dilma e parlamentares do Estado comemoram afastamento

Publicado

em

A bancada paraibana praticamente votou fechada pelo processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Na Câmara Federal, apenas os deputados Wellington Roberto (PR), Damião Feliciano (PDT), e Luiz Couto (PT), votaram contra o impeachment. Os demais foram favoráveis a continuidade do processo. No Senado, os três senadores paraibanos Cássio Cunha Lima (PSDB), José Maranhão (PMDB) e Raimundo Lira (PMDB), também votaram a favor do afastamento da presidente por 180 dias.

Após a conclusão da votação no Senado, vários parlamentares do Estados e manifestaram sobre o processo. Aliado do vice-presidente Michel Temer (PMDB), o senador paraibano José Maranhão disse que votou a favor da admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), na esperança de ver o País tomar um novo rumo. O que chamou a atenção foi o tom do discurso proferido na tribuna pelo senador, que chegou a pedir desculpas aos paraibanos por pedir votos para Dilma.

– Aproveito aqui para pedir as minhas desculpas aos eleitores da Paraíba que me ouviram e, por isso, sufragaram o nome da presidente Dilma – declarou. Ainda no discurso proferido nesta quarta-feira (11), Maranhão argumentou que há indícios suficientes para que o processo de impeachment tenha prosseguimento no Senado.

– É bem verdade que todos que votamos estamos tristes, porque não se vota num candidato sem confiar nele; não se vota num candidato sem ter a certeza de que a causa é justa – lamentou o peemedebista.

O deputado federal Wilson Filho (PTB) disse que a decisão do Senado em afastar a presidente Dilma Rousseff (PT), pelo prazo de 180 dias, devolve a esperança aos brasileiros de que o País retomará o crescimento e o desenvolvimento.

Para o parlamentar, o momento agora é de união da classe política para recuperar o Brasil.

“Participamos de um momento histórico e democrático. O Brasil já está cansado de sucessivos escândalos e da crise econômica e política. E por conta disso, não existe possibilidade da presidente continuar no poder. A população foi às ruas cobrando mudanças e essas mudanças começarão a ser feitas com a aprovação do pedido de impeachment da presidente Dilma”, argumentou o deputado.

Para o deputado, o Senado entendeu o que estava sendo cobrado pela maioria da população brasileira e que a crise econômica e política só prejudicará ainda mais o Brasil com a permanência da chefe do Poder Executivo.

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) também comemorou o resultado da votação.

Para ele, os crimes cometidos pela chefe do executivo levaram os senadores a admitirem o processo de impeachment e possibilitar que o País vivencie um novo processo de mudança política.

Pedro que é filho do senador e líder do PSDB no Senado Cássio Cunha Lima, disse acreditar que a presidente Dilma será totalmente afastada do cargo para que o Brasil possa voltar a crescer. “O Governo do PT afundou o Brasil em corrupção e desvios. É hora de ter a consciência que é preciso mudar”, reforçou.

O parlamentar lembrou ainda que um dos principais pontos no pedido de impeachment é o das chamadas “pedaladas fiscais”, que consistiu na prática de atrasar os pagamentos do Tesouro Nacional a bancos públicos para melhorar, temporariamente, a situação fiscal do País.

PBAgora

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PARAÍBA

Paraíba confirma 363 novos casos e 7 óbitos por Covid-19 nas últimas 24h; total de mortes chega a 3.283 e 144.741 infectados

Publicado

em

A Paraíba registrou 363 novos casos de Covid-19 e 07 óbitos confirmados desde a última atualização, 04 deles nas últimas 24h. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde ao ClickPB nesta sexta-feira (27), 144.741 pessoas já contraíram a doença, 114.382 já se recuperaram e 3.283, infelizmente, faleceram. Até o momento, 458.340 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. 

  • Casos Confirmados: 144.741
  • Casos Descartados: 197.299
  • Óbitos confirmados: 3.283
  • Casos recuperados: 114.382

Ocupação

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 48%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 58%. Em Campina Grande estão ocupados 35% dos leitos de UTI adulto e no sertão 61% dos leitos de UTI para adultos.

Municípios

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 363, nos quais 10 municípios concentram 235 casos, o que representa 64,73% dos casos em toda a Paraíba. 

São eles: 

  • João Pessoa, com 89 novos casos, totalizando 36.640; 
  • Bayeux, com 44 novos casos, totalizando 2.544; 
  • Brejo do Cruz, com 18 novos casos, totalizando 675; 
  • Cabedelo, com 17 novos casos, totalizando 3.625; 
  • Conceição, com 15 novos casos, totalizando 747; 
  • Monteiro, com 12 novos casos, totalizando 1.137; 
  • Salgado de São Félix, com 12 novos casos, totalizando 387; 
  • Santana de Mangueira, com 11 novos casos, totalizando 59; 
  • Boqueirão, com 09 casos novos, totalizando 748; 
  • Lagoa Seca, com 08 novos casos, totalizando 757.  

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 27/11, sujeitos a alteração por parte dos municípios. 

Continuar Cuidando

Até o dia 26/11 foram entrevistados e testados 4.925 paraibanos, em residências distribuídas por 88 cidades.

Casos

Até hoje, 182 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 07 óbitos registrados nesta sexta ocorreram em hospitais públicos, em residentes de 06 municípios, entre 20 e 27 de novembro, quatro deles nas últimas 24 horas. Os pacientes tinham idade entre 37 e 70 anos, sendo seis deles menores de 65 anos. Hipertensão foi a comorbidade mais frequente. 

  • Homem, 64 anos, residente em São Mamede. Hipertenso. Início dos sintomas 14/11/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 27/11/2020. 
  • Mulher, 70 anos, residente em Bayeux. Hipertensa, cardiopata e obesa. Início dos sintomas 15/11/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 26/11/2020. 
  • Mulher, 61 anos, residente em Cachoeira dos Índios. Cardiopata e tabagista. Início dos sintomas 11/11/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 26/11/2020. 
  • Homem, 55 anos, residente em João Pessoa. Sem informação de comorbidade. Início dos sintomas 05/11/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 26/11/2020. 
  • Mulher, 37 anos, residente em João Pessoa. Hipertensa, diabética, cardiopata e obesa. Início dos sintomas 10/11/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 22/11/2020. 
  • Mulher, 56 anos, residente em São José dos Ramos. Sem comorbidade. Início dos sintomas 07/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 20/11/2020. 
  • Homem, 51 anos, residente em Patos. Hipertenso. Início dos sintomas 16/11/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 20/11/2020.

 

ClickPB

Continue lendo

PARAÍBA

Covid-19: prefeito paraibano é transferido para Hospital das Clínicas, em SP

Publicado

em

O prefeito de Brejo do Cruz, Francisco Dutra testou positivo para Covid-19 e precisou ser transferido na quarta-feira (25) para o Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP (Incor), em São Paulo. O gestor estava internado desde a terça-feira (24) em um hospital particular de João Pessoa após aumento gradual dos sintomas.

Dutra é esposo da deputada estadual Pollyanna Dutra e está sendo acompanhado pelo filho médico, Rodrigo Dutra.

De acordo com a assessoria de Pollyanna Dutra, Francisco estava recebendo acompanhamento em casa desde a confirmação do diagnóstico, mas por precaução, a família optou por interná-lo em um hospital particular da Capital, onde ele estava sendo medicado para contenção dos sintomas e o seu quadro era considerado estável. A transferência foi uma opção familiar, com o objetivo de garantir toda a assistência necessária.

Francisco Dutra, mais conhecido como Barão, tem 53 anos e possui quadro de pré-diabetes, que foi agravada com a confirmação da Covid-19, o que o coloca no grupo de risco da doença.

A família de Francisco Dutra e a deputada Pollyanna Dutra alertou a todos que tiveram contato direto com ele nos últimos dias para que se mantenham em distanciamento social pelo período de 14 dias, tempo recomendado para contenção da possível transmissão do vírus. Caso apresentem algum sintoma, a orientação é que procurem uma unidade de saúde para realização do teste para o diagnóstico da Covid-19.

Paraíba Já

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados