Connect with us

GERAL

Menina vende pulseiras em troca de alimentos pra necessitados

Publicado

em

Giovanna Barbosa Alexandre, de apenas 6 anos, usou a própria habilidade de fazer pulseiras de miçanga pra ajudar necessitados

Ela já presenteava professores e amigos, mas depois que descobriu que muita gente estava passando necessidades durante a pandemia, resolveu arregaçar as mangas.

Gi, como é conhecida, mora em São Gonçalo, no Rio de Janeiro e vende as ‘bijus’ pelo instagram também.

“Eu vi pessoas tristes sem ter o que comer e fiquei com pena. Me coloquei no lugar delas e imaginei como é”, contou a pequena Gi.

Cestas básicas

A ideia era doar cestas básicas e foi então que a menina começou a trocar as pulseiras, que “faz rapidinho”, por um quilo de alimento.

Em dois meses, Gi já confeccionou mais de 50 pulseiras. Na primeira doação, ela distribuiu dez cestas básicas na região onde mora, no bairro do Rocha.

“Eu amei ir entregar os alimentos”, disse Gi.

“Fiquei orgulhosa de ver uma criança desenvolvendo empatia em um mundo tão difícil. Toda a família ficou bem surpresa com a iniciativa dela e quis ajudar: pais, avós, tias…”, contou a mãe, Martha Barbosa Alexandre, 37 anos.

Família reunida

Montar as pulseiras acabou entrando na rotina da família.

“O pai senta com ela e ajuda a fazer, inventa novos modelos. Gosta muito”, conta Martha.

No início, havia só pulseiras infantis, agora com a demanda de adultos, já criaram outros estilos.

A mãe explica que a menina participa da entrega, mas todos os protocolos de segurança são seguidos:

“Vai de máscara e passa álcool gel toda hora”, diz.

Quem se encantou com a ideia e com as pulseiras da Gi, pode adquirir pelo instagram pra ajudar na campanha de arrecadação de alimentos.

Fotos: Arquivo Pessoal
Fotos: Arquivo Pessoal

Com informações do Rio de Boas Notícias

Continue lendo

GERAL

Menina de 8 anos escreve carta para o Papai Noel pedindo leite e pão para irmão mais novo

Publicado

em

A estudante Emanuelle Cristina da Cunha Cardoso, de 8 anos, surpreendeu a mãe ao escrever uma carta para o Papai Noel pedindo leite para o irmão mais novo e pão para a família, que mora em Anápolis, a 55km de Goiânia.

“Papai Noel, eu queria muito ganhar uma caixa de leite para o meu irmãozinho. Queria ganhar muito pão para a gente tomar café, porque tem dia que a gente não toma café porque não tem nada”, escreveu.

A carta foi escrita pela criança na quinta-feira (19). Ao G1, Emanuelle Cristina disse que pensou no caçula, Wanderson da cunha Cardozo, de 4 anos, porque ele sofre quando não consegue tomar leite na mamadeira.

“Se meu irmão está sem mamadeira, ele chora. Pedi leite para a gente tomar também, porque quando a gente ganha, se não for muito, a gente deixa para ele”, disse a menina, que também é irmã de Matheus Luccas Cunha de Sousa, de 10 anos.

Família vive de doações

Mãe das crianças, Sarah Cristina da Cunha Pires, de 30 anos, contou que Emanuelle viu uma campanha na televisão e quis escrever a cartinha. No entanto, ela ainda não a entregou para ninguém.

“Ela viu na televisão que os Correios já estão entregando as cartinhas para o Papai Noel e me perguntou se podia fazer. Ela escreveu que queria pão e leite. Fiquei surpresa, deu um aperto no coração. Aqui a gente quase não toma café. Só quando tem doação”, disse a mãe da menina.

Sarah contou que, realmente, enfrenta dificuldades financeiras. Ela explicou que trabalhava como cabeleireira, mas está desempregada porque não tem com quem deixar os filhos, que estão sem creche por causa da pandemia. A mulher relata que, além da falta de alimentos, as contas de água e energia estão atrasadas.

G1

Continue lendo

GERAL

Vovô de 82 anos presta vestibular para Medicina e diz que vai atender de graça, se conseguir se formar (PR)

Publicado

em

E quem disse que tem idade para realizar nossos sonhos, errou feio! O seu Antônio Tonouti, de 82 anos, resolveu realizar uma vontade antiga, agora em 2020: se formar em medicina!

Ele já tem graduação em farmácia desde 1959, também é formado em direito e, agora, quer ser médico para atender as pessoas de graça!

idoso se inscreve em vestibular de medicina
Foto: reprodução

“A educação é a coisa mais importante da vida”

Seu Antônio passou a vida inteira buscando algum aprendizado. Ele já passou em três vestibulares: Farmácia, Direito e Letras. Esse último, não chegou a fazer a matrícula.

Nas horas vagas, ele ainda faz aulas de pintura e inglês. A maior motivação, é acreditar que a educação é a coisa mais importante que temos nessa vida. Errado não tá, né gente?

Eu acho que estudando a gente desenferruja os neurônios. E a educação é a coisa mais importante da vida“, destacou o seu Antônio.

idoso se inscreve em vestibular de medicina
Foto: reprodução

Agora, aos 82 anos e esbanjando vitalidade, ele prestará vestibular na Universidade Estadual de Londrina (UEL).

O incentivo veio no curso de inglês. Seu Antônio ouviu que outros colegas mais jovens também iriam concorrer na UEL e ele resolveu se inscrever.

Seu Antônio conta, que se conseguir concluir o curso, ele quer fazer consultas de graça. “Se eu passar, que eu acho muito difícil, vou continuar estudando. E, se eu tiver vivo até lá, eu prometo fazer consultas de graça“, ressaltou.

Desejo muita sorte para seu Antônio e estou aqui na torcida!

Razões para Acreditar

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados