Connect with us

ENTRETENIMENTO

Morre Elke Maravilha aos 71 anos no Rio de Janeiro

Publicado

em

Elke Maravilha morreu na madrugada desta terça-feira (16) aos 71 anos. A atriz estava internada há quase um mês na Casa de Saúde Pinheiro Machado, no bairro de Laranjeiras, Rio de Janeiro, após uma cirurgia para tratar uma úlcera.

Bastante abalado, o irmão da atriz, Frederico Grunnupp, confirmou a informação ao UOL.

“Ela teve complicações após a operação e também tinha diabetes. Ela não estava mais respondendo aos remédios”, explicou ele. O laudo médico ainda não foi liberado, mas segundo Frederico a atriz sofreu falência múltipla dos órgãos por volta da 1h.

Natasha Grunnupp, sobrinha de Elke, falou sobre os últimos dias dela no hospital.

“Mesmo no hospital ela estava sempre muito feliz, sempre aquele ar de felicidade, a gente estava preocupado com as partes técnicas, vendo a situação, mas ela não. Ela passou por uma cirurgia no sábado porque um dos pontos da primeira cirurgia tinha estourado e depois disso piorou”.

Conhecida principalmente por sua irreverência e extravagância, Natasha e a família querem levar só os bons momentos que passaram ao lado de Elke.

“As gargalhadas dela…Vai fazer uma falta enorme. Ela era a mãe de todos, de todas as raças, de todas as culturas, vai fazer falta mesmo. A gente deseja também que ela consiga seguir o caminho dela, ela falava que ela já estava preparada e pronta, que seja uma passagem feliz”.

No Facebook oficial da atriz, uma mensagem avisando os fãs também foi publicada pouco depois da uma da manhã.

“Avisamos que nossa Elke já não esta por aqui conosco. Como ela mesma dizia, foi brincar de outra coisa. Que todos os Deuses, que ela tanto amava, estejam com ela nessa viagem”.

A família ainda não divulgou informações sobre o velório e funeral de Elke.

A artista

Nascida na Rússia, a modelo e atriz Elke Georgievna Grunnupp, mais conhecida como Elke Maravilha, alcançou fama ao participar como jurada de programas de calouros de Chacrinha e Silvio Santos.

Tornou-se amiga de Zuzu Angel, antes de ser lançada na TV, após conhecê-la em 1970 no salão do cabeleireiro Jambert. A história da estilista foi contada nos cinemas em 2006. No longa, Elke foi interpretada pela atriz Luana Piovani e fez uma participação especial.

Ela, que se considera anarquista, enfrentou a tortura da ditadura e chegou a ficar presa por seis dias. Conseguiu ser libertada por intermédio de Zuzu, que enviou um delegado para tirá-la da prisão.

Irreverência

Desde que surgiu, Elke Maravilha chamou atenção pelo estilo irreverente. Inicialmente, aos 18 anos, recebeu críticas pela ousadia e foi agredida nas ruas pela maneira de se vestir.

A ex-modelo, que está fora da TV, fez uma participação na temporada do programa do Gugu, na Record, neste ano. No palco, reencontrou o irmão Valdemar que não tinha contato havia quase 20 anos.

UOL

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ENTRETENIMENTO

Câmara pede ao STF prisão de Danilo Gentili após humorista falar no Twitter em socar deputados

Publicado

em

A Câmara dos Deputados, a partir da procuradoria parlamentar, entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) em que pede a prisão do apresentador Danilo Gentili por postagens nas redes sociais. No fim de fevereiro, em uma publicação no Twitter, ele sugeriu que a população “entrasse” no Congresso “e socasse todo deputado” por causa da PEC de imunidade parlamentar.

A ação foi coordenada pelo deputado Luis Tibé (Avante-MG), responsável pela procuradoria da Câmara, a partir de um pedido do deputado federal Celso Sabino (PSDB-PA). Ambos são aliados do atual presidente da Casa, Arthur Lira. A tentativa é de equiparar a postagem de Gentili com a do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso após ameaçar ministros do STF.

Na última semana, Gentili criticou o Congresso em virtude da celeridade dada a tramitação da PEC da Imunidade, que tenta proteger parlamentares perante o Judiciário. A mensagem depois foi apagada.

“Eu só acreditaria que esse País tem jeito se a população entrasse agora na câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”, escreveu o humorista.

Segundo Tibé, a ação movida em relação a Danilo Gentili não é contra a pessoa dele, mas a favor dos “mesmíssimos princípios de defesa da Democracia e da Constituição Federal consagrados pela unanimidade do Plenário do Supremo Tribunal Federal, no caso do deputado Daniel Silveira”

“Não podemos ter uma sociedade e uma Democracia com pesos e duas medidas. Se o Supremo Tribunal Federal, sabiamente, estabeleceu um limite para a livre manifestação do pensamento que é o respeito à integridade das instituições democráticas – princípio que a Câmara dos Deputados acolheu com margem de 364 votos – a Justiça brasileira não pode permitir que ninguém faça a incitação de ‘socar’ deputados”, disse o deputado, por meio de sua assessoria de imprensa.

Na segunda, sem mencionar se já foi notificado sobre a petição no STF, Gentili comentou que foi alvo de reclamações “justas” de alguns deputados.

“Eu fiz um tuíte que foi alvo de justas críticas por alguns deputados. Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições. Aliás, minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”, afirmou.

O GLOBO entrou em contato com a assessoria de imprensa do SBT para obter um posicionamento do apresentador e do canal, mas não obteve respostas até o momento.

Extra Globo

Continue lendo

ENTRETENIMENTO

Roberto Carlos é vacinado contra a Covid-19 no Rio de Janeiro

Publicado

em

O cantor Roberto Carlos foi vacinado contra a Covid-19 nesta segunda-feira (1). O artista chegou dirigindo a um dos drive-thrus que fazem a vacinação na Zona Sul do Rio para pessoas com 79 anos até quarta-feira (3).

“Todo mundo tem que vacinar, deve vacinar, é importante. VACINA SIM”, escreveu o “Rei” em suas redes sociais.

Robertos Carlos é vacinado no Rio — Foto: Reprodução/Instagram

Também nesta segunda-feira, outros dois artistas se vacinaram contra a Covid-19: o cantor Ney Matogrosso e a atriz Betty Faria.

O cantor também fez uma postagem no Instagram. “Muito bem atendido, como todos que estavam lá”, escreveu, na rede social.

Ney Matogrosso é vacinado — Foto: Reprodução

Betty Faria deu entrevista para a GloboNews e criticou as festas realizadas durante carnaval. Ela afirmou ainda que situação da pandemia no Rio é uma tragédia.

Calendário de vacinação na semana

A Prefeitura do Rio vai vacinar até a próxima quarta (3) as pessoas com 79 anos.

Conforme o calendário divulgado, o atendimento nesta segunda-feira vai do meio-dia às 17h, enquanto que na terça-feira (2) e na quarta-feira (3), acontecerá das 8h às 17h.

O restante do calendário da semana será divulgado conforme forem chegando mais doses.

G1

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados