Connect with us

BRASIL

Na Globo, Cássia Kis faz desabafo: “O presidente é quase nosso empregado”

Publicado

em

Vários artistas fizeram um desabafo formal contra a classe política durante a premiação Melhores do Ano, exibida pelo “Domingão do Faustão”, da Globo, neste domingo (13). Cássia Kis, Alexandre Nero e Tonico Pereira promoveram os discursos mais acalorados. Os três atores são (ou foram) colegas de elenco na novela “A Regra do Jogo”.

O apresentador Fausto Silva cedeu espaço no fim da premiação para que cada um dos artistas falasse o que desejava para 2016. Cássia Kis, então, pegou o microfone, discursou em tom exaltado e cobrou uma nova postura do governo brasileiro.

“Eu quero que o governo se pergunte finalmente qual é a função dele. Para quê ele existe? Para trazer educação! Para finalmente não colocar ninguém na cadeia, punindo quem é ignorante, e é ignorante por causa do governo. Ele nos faz ignorantes e não pode mais fazer isso. Então, ele tem que se perguntar qual é a função dele? Para quê ele existe? Nós pagamos o governo, o presidente é quase o nosso empregado, é a nós que ele deve todas as obrigações dele”, esbravejou a atriz, visivelmente emocionada.

Minutos depois de ouvir as palavras de Cássia Kis, Alexandre Nero resolveu se manifestar pedindo para que as pessoas deem menos opinião e tenham mais conhecimento. “Eu acho que a gente precisa de menos opiniões e mais conhecimento. Vamos atrás de conhecimento, saber das coisas”, afirmou o ator, com a expressão fechada.

Embora não tenha citado nomes, muitos internautas especularam nas redes sociais que a alfinetada de Nero foi com endereço certo: “Cássia Kis”.

Mais cedo, o ator que interpreta o bandido Romero em “A Regra do Jogo” já havia respondido a uma crítica feita por Fausto Silva em relação à crise social, política e econômica no Brasil.

O apresentador havia dito: “Esse país não pode ficar do jeito que está. O país da corrupção, o país que não tem nada de educação, não tem nada de infraestrutura, não tem assistência médica, tem uma violência absurda. Não pode ficar o país ao Deus dará, nessa bagunça que está”. Alexandre Nero não se conteve e retrucou. “Só queria lembrar que não é de hoje que isso acontece. O país faz 500 anos… Vamos ter consciência, clareza e, mais do que tudo, tolerância com o diferente, com o próximo. Para que a gente possa ouvir as ideias diferentes. Porque a gente sempre repudia o que parece diferente do que a gente quer ou almeja. Vamos respeitar o próximo. Acho que isso é a coisa mais importante”.

O ator Tonico Pereira também entrou na discussão, mas optou por direcionar as críticas ao Legislativo, onde, segundo ele, existe uma quadrilha. “Eu quero uma Câmara dos Deputados que, fundamentalmente, represente o povo brasileiro, porque a culpa não está só no Executivo, não. Temos uma quadrilha [no Legislativo]”, disparou Tonico. “Eu quero que a Comissão de Ética não adie novamente a votação para 2017”, emendou a atriz Fernanda Torres, ao se referir à votação que irá decidir pelo afastamento ou não do presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acusado de mentir sobre uma conta secreta na Suíça.

Em entrevista ao UOL, Fausto Silva elogiou a atitude dos atores que falaram da situação do país. “Programa ao vivo sempre tem isso, depende da fase do país. O país está vivendo um dilema, as pessoas têm que se posicionar. Todo mundo fica em cima do muro, uma hora o muro cai”, disse o apresentador.

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

BRASIL

Brasil tem 1.910 mortes por Covid-19 nas últimas 24h e registra novo recorde

Publicado

em

O Brasil registrou 1.910 novas mortes pelo novo coronavírus e 71.704 casos da doença nesta quarta (3). Com isso, o total de mortos chegou a 259.271 e o de casos a 10.718.630, de acordo com o painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo.

As 1.910 mortes registradas nas últimas 24 horas são o maior número diário desde o início da pandemia, de acordo com a pandemia. O número anterior era da terça desta semana (2), com 1.641 óbitos. Antes disso, o recorde era de 29 de julho de 2020, quando o país registoru 1.595 mortes em um único dia.

Na terça (2), o país tinha 257.361 mortes e 10.646.926 casos confirmados de Covid-19, de acordo com o conselho.

Os dados do Conass também viraram referência para o Congresso Nacional, que abandonou a contagem do Ministério da Saúde. A decisão foi anunciada pelo então presidente do Senado, Davi Alcolumbre, no início de junho de 2020.

Yahoo

Continue lendo

BRASIL

Doria coloca todo o estado de São Paulo em lockdown a partir de sábado: “Estamos à beira de um colapso”

Publicado

em

Em pronunciamento na tarde desta quarta-feira (3), o governador João Doria (PSDB) anunciou que a partir da 0h de sábado (6) todo o estado de São Paulo entrará na fase vermelha do plano de contenção do coronavírus, que na prática significa um lockdown, quando apenas serviços essenciais serão permitidos. As escolas estaduais e municipais, além das particulares, também poderão receber os alunos, obedecendo as medidas de contenção da Covid-19.

“Estamos em São Paulo e no Brasil à beira de um colapso. Exige medidas coletivas e urgentes (…) Por este motivo nós estamos atendendo a recomendação do centro de contingência e reclassificando todo o estado de SP para a fase vermelha a partir das 0h de sábado”, disse Doria.

Além de padarias, mercados e farmácias, a fase vermelha autoriza a abertura de igrejas, além das escolas. As duas atividades foram incluídas na lista de serviços essenciais por meio de decretos estaduais.

O anúncio ocorre um dia depois de o estado registrar 468 novos óbitos em 24 horas, número recorde desde o início da pandemia. No total, São Paulo tem 60.014 mortes provocadas pela doença.

Saiba o que pode funcionar durante o lockdown
Farmácias
Mercados
Padarias
Açougues
Postos de combustíveis
Lavanderias
Meios de transporte coletivo, como ônibus, trens e metrô
Transportadoras, oficinas de veículos
Atividades religiosas
Escolas
Hotéis, pousadas e outros serviços de hotelaria
Bancos
Pet shops
Serviços de delivery ou entregas

Fonte: Revista Fórum

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados