Connect with us

PARAÍBA

Novo fenômeno atmosférico poderá aumentar frequência de chuvas na PB este ano

Publicado

em

O período chuvoso considerado acima da média, que atinge o Litoral e também chegou ao Sertão paraibano durante este ano, tem uma explicação: o fenômeno El Niño, considerado um dos mais fortes dos últimos tempos em todo o mundo, mas que contribuiu para a formação de chuvas no Nordeste, especialmente na Paraíba. O El Niño chegou ao fim, mas outro fenômeno, conhecido como La Niña, deverá começar até agosto deste ano e poderá aumentar ainda mais os índices de chuva no estado.

De acordo com o meteorologista Alexandre Magno, da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), o El Niño é conhecido pelo aquecimento anormal da temperatura do Oceano Pacífico, causando mudanças na distribuição dos ventos e das chuvas em todo o mundo, provocando seca em alguns locais e aumento de chuvas em outros.

“O El Niño já acabou. O fenômeno tem consequências globais e poderia trazer certos prejuízos em termos de chuvas para a Paraíba, mas não foi o diagnosticado neste ano. No Nordeste, o que tivemos foi um efeito contrário de El Niño. Na Paraíba, o fenômeno contribuiu para deixar as chuvas acima da média para o período em cerca de 40% a até 60% do estado”, contou Alexandre.

Ainda segundo o meteorologista, com o fim do El Niño, o planeta vive um momento de neutralidade de fenômenos atmosféricos e oceânicos. Porém, a previsão é de que dentro de 90 dias ocorra o La Niña, um novo fenômeno que tem efeitos contrários ao El Niño e é caracterizado pelo esfriamento anormal das águas do Oceano Pacífico, causando efeitos benéficos para a Paraíba.

“Por enquanto, estamos em período de neutralidade, mas já é certeza que o La Ninã vai ocorrer em até 90 dias porque já existe um resfriamento das águas do Pacífico Tropical. Com isso, como estamos em período chuvoso no Litoral e com chuvas acima da média, a tendência é de que se permaneça nesse patamar até o fim do ano. No Sertão, as chuvas devem ficar esparsas e fracas, mas é dentro da normalidade para o período”, concluiu Alexandre Magno.

Portal Correio

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PARAÍBA

Primeira noite de toque de recolher foi tranquila e sem registro de ocorrências em João Pessoa

Publicado

em

A primeira noite com toque de recolher valendo em João Pessoa foi muito tranquila e não teve registro de ocorrências, de acordo com informações da assessoria da Polícia Militar (PM) ao ClickPB. 

Nessa quarta-feira (24) começaram a valer os decretos do Governo da Paraíba e da Prefeitura de João Pessoa que preveem, entre outras coisas, o toque de recolher das 22h às 5h. A intenção é conter a disseminação do novo coronavírus e a medida vale por 15 dias em todos os municípios paraibanos que estão com bandeira laranja ou vermelha.

De acordo com a PM, antes das 22h foram encontrados jovens praticando esportes em algumas quadras localizadas em praças da zona sul da cidade, mas foram dispersados pelo pessoal do 5º Batalhão.

Na hora do toque de recolher não houve problemas. As pessoas que estavam na rua eram abordadas e já apresentavam justificativa. É possível sair de casa nos horários estabelecidos para o toque de recolher se houver uma justificativa, como a necessidade de socorrer alguém doente ou adquirir um medicamento, por exemplo.

Segundo a PM, também não houve problema em relação a estabelecimentos comerciais.

ClickPB

Continue lendo

PARAÍBA

Paraíba recebe quase 40 mil novas doses da vacina Astrazeneca nesta quinta-feira

Publicado

em

A Paraíba recebe na tarde desta quarta-feira (24), 39.500 novas doses da vacina Astrazeneca. A informação foi confirmada na manhã de hoje ao Portal ClickPB, pelo secretário de saúde, Geraldo Medeiros. 

A aeronave com as doses da vacina decola por volta das 14h e tem previsão de chegada no Aeroporto Castro Pinto às 17h05. 

Também é esperada nesta quarta-feira (24), a chegada de 23.800 doses da vacina Coronavac, enviada pelo Instituto Butantan, porém sem estimativa de horário. 

De acordo com dados da Secretaria de Saúde da Paraíba, até o momento 223.680 doses foram recebidas, 187.892 distribuídas e 117.756 doses aplicadas em todo o estado.  

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados