Connect with us

TECNOLOGIA

Novo golpe no WhatsApp promete ‘visualizador de conversa’

Publicado

em

Um novo golpe que promete recursos extras para o WhatsApp já afetou mais de 1,2 milhão de usuários brasileiros em duas semanas. O ataque, revelado pela empresa de segurança ESET, afirma permitir que as vítimas visualizem as conversas de seus contatos no mensageiro, uma opção chamada “Visualizador de conversas para o WhatsApp”.

Após enganar o usuário, o falso recurso o leva a realizar inscrições em serviços de mensagens de celular pagos, que podem fazer débitos indevidos em seu nome ou instalar apps falsos que roubam os seus dados.

Para ativar o recurso falso, o ataque se propaga através de links maliciosos que prometem mostrar com quem os seus amigos estão conversando. Ao tocar nele, a vítima é levada a uma página que pede o compartilhamento do endereço com os contatos para que a funcionalidade seja liberada. Em seguida, o usuário é levado a uma plataforma de publicidade, onde é induzido a se inscrever em um serviço de mensagens pagas via SMS.

Segundo o levantamento da ESET, o golpe atingiu cerca de 1,5 milhão de pessoas em todo o mundo, sendo o Brasil o país mais afetado. O ataque teria começado no dia 18 de novembro.

Golpes pelo WhatsApp crescem nos últimos meses

O número de tentativas de golpes no aplicativo aumentou nos últimos meses. Nove tipos de ataques foram identificados somente em 2016. A maior parte deles procura inscrever os usuários em serviços pagos.

Além da promessa de ver as conversas dos contatos, os golpes também prometiam chamadas de vídeo premium, pacotes de emoticons românticos ou cupons de desconto falsos para lojas e restaurantes de marcas famosas.

Golpe promete permitir que vítimas vejam conversas de contatos no WhatsApp (Foto: Divulgação/ESET)Golpe promete permitir que vítimas vejam conversas de contatos no WhatsApp (Foto: Reprodução/ESET)

O malware leva os usuários a se inscreverem em serviços de SMS pagos (Foto: Reprodução/ESET)WhatsApp: o malware leva os usuários a se inscreverem em serviços de SMS pagos (Foto: Reprodução/ESET)

TecTudo

techtudo

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TECNOLOGIA

70% Dos Carros Vendidos Na Noruega Já São Elétricos

Publicado

em

A política de transporte da Noruega em adotar automóveis elétricos continua acelerada. Em agosto, segundo o site CleanTechnica, 70,2% dos carros comercializados no país europeu adotam propulsão elétrica ou híbrida.

Do valor total, 52,8% são veículos totalmente elétricos que operam com baterias. Já 17,4% correspondem aos modelos híbridos elétricos no formato plug-in, que trazem um motor a combustão interna e um motor elétrico. Em fevereiro de 2020, a porcentagem de venda de automóveis no país era de pouco mais de 40%, o que reforça os resultados positivos até o momento no segundo semestre.

A expectativa é que os números em setembro sejam ainda mais expressivos para o setor. Entre os carros mais comercializados no setor de totalmente elétricos, o líder é o Audi e-Tron, seguido do Mercedes EQC 400 e o Volkswagen e-Golf. Entre marcas menores, o destaque vai para o Polestar 2.

noruega

País europeu é o líder global em eletrificação da frota de carros particulares de passageiros (Reprodução/CleanTechnica)

A Noruega prometeu banir carros à gasolina até 2025 e tem seguido essa medida com políticas econômicas que envolvem benefícios do governo à população disposta a adquirir um automóvel elétrico — o que transformou o país em um ponto de testes de montadoras.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/mobilidade-urbana-smart-cities/177260-70-carros-vendidos-noruega-eletricos.htm

Continue lendo

TECNOLOGIA

Clonagem de WhatsApp se alastra no Brasil

Publicado

em

Ter o aplicativo de mensagens mais popular do país clonado se tornou prática recorrente. em solo brasileiro. A Polícia Federal faz um alerta aos usuários do WhatsApp para os riscos de clonagem ou sequestro da conta. Com acesso aos contatos dos usuários, os criminosos aplicam golpes financeiros, pedindo dinheiro e se passando pela vítima.

A reportagem do portal Uol destaca que “um levantamento feito pela empresa de cibersegurança PSafe, desenvolvedora de aplicativos de segurança, mostrou que houve mais de 134 mil tentativas de hackear ou clonar contas de WhatsApp apenas no primeiro semestre de 2019. Diariamente, 23 pessoas são vítimas de clonagem de contas em todo o País. Os golpes já atingiram 8,5 milhões de brasileiros.”

A matéria ainda informa que “de acordo com a PF, o WhatsApp é clonado através de dados divulgados pela vítima em redes sociais ou sites de compra e venda. Os criminosos têm acesso ao número do telefone e o cadastram em outro celular. Após este processo, uma mensagem de texto com um código de liberação é enviado para o celular da vítima.”

Brasil 247

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados