Connect with us

PARAÍBA

Prefeitos têm até 10 de agosto para aderir ao programa de construção de barragens subterrâneas

Publicado

em

Os prefeitos de municípios paraibanos que se encontram em situação de emergência devem efetuar adesão ao programa estadual de barragens subterrâneas até o próximo dia 10 de agosto, quando termina o prazo de inscrição. O programa faz parte do Plano Emergencial de Enfrentamento à Estiagem anunciado pelo governador Ricardo Coutinho em junho.

Nessa quarta-feira (22) foi realizada na cidade de Bananeiras a última das cinco reuniões realizadas pelo Governo do Estado para capacitar prefeitos, secretários municipais de agricultura, agricultores familiares, estudantes e técnicos para a implantação do programa estadual de barragens subterrâneas. Neste mês já foram realizadas reuniões em Campina Grande, Sumé, Patos, Sousa com o mesmo objetivo.

O Governo do Estado, em parceria com as prefeituras, vai construir duas mil barragens que beneficiarão mais de 50 mil agricultores familiares paraibanos. A implantação das barragens subterrâneas vai ser operacionalizada pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido (Seafds).

A adesão das prefeituras ao Plano Emergencial de Enfrentamento à Estiagem como condição de acesso às barragens é necessária porque vincula sua contrapartida nas obras, através da utilização das máquinas fornecidas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

“Mostramos que os custos para as prefeituras como para o Estado são mínimos e os efeitos são de inclusão produtiva para as mais de duas mil famílias que serão beneficiadas com as barragens subterrâneas. Cada prefeitura gastará em média de seis a oito horas de máquinas, o que gera cerca de R$ 200 em combustível e o Governo entrará com aproximadamente R$ 3 mil para cada barragem”, afirmou o secretário da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido, Lenildo Morais, destacando ainda que até o momento mais de 70 prefeituras já aderiram ao programa através do portal da Secretaria de Articulação Municipal.

Dentre os prefeitos presentes ao evento estiveram os de Nova Floresta, João Elias; Caserengue, Luis Carlos; o vice-prefeito de Tacima, Bilac Soares; e os secretários de agricultura de Arara, José Cláudio; Bananeiras, Marcilio Lourenço; Caserengue, Raniery; Damião, Raimundo de Azevedo; Frei Martinho, Isabeli Cristina; Lagoa de Dentro, João Pedro da Silva; Nova Floresta, Ademir Cordeiro; Pedro Régis, José Aguinaldo; Picuí, Karkon; Remígio, Isabel Cristina; Serra da Raiz, Edson Míguel e de Solânea, Walnir de Meneses.

O prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, representando os demais, parabenizou os presentes na pessoa do secretário de Estado, Lenildo Morais, e fez um alerta para que os governantes não se enganem com o verde da vegetação do Brejo, pois a falta de água já afeta toda a região.

 

Continue lendo

PARAÍBA

Quase 54 mil vacinas contra Covid-19 são entregues aos municípios paraibanos; confira quantas doses recebidas

Publicado

em

As quase 54 mil doses de vacinas contra a Covid-19 destinadas aos municípios paraibanos estão sendo entregues nesta sexta-feira (26), segundo informou ao ClickPB, o secretário de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB), Geraldo Medeiros. A Paraíba recebeu do Ministério da Saúde, nos últimos dois dias, a quinta remessa de doses da Coronavac e Oxford/Astrazeneca. 

A distribuição aos municípios começou no início da manhã com previsão de término na tarde de hoje, por meio de veículos da SES-PB, via terrestre, e também em avião do Governo do Estado como tem sido feito nas últimas entregas. Essas vacinas devem ser destinadas aos públicos de 80 a 89 anos de idade e também aos profissionais de saúde da linha de frente Covid-19 que ainda não foram imunizados. 

Aexpectativa da SES-PB é que 85% da população dessa faixa etária com essas vacinas. A quinta remessa entregue pelo Ministério da Saúde ao Estado da Paraíba foi de 63.300 doses referentes as produções dos institutos Butantan e Bio-Manguinhos/Fiocruz. A população deve ficar alerta aos calendários de vacinação dos seus municípios. 

Confira a quantidade por municípios:

Continue lendo

PARAÍBA

Alagamento deixa carros boiando e Avenida Pedro II fica intransitável em João Pessoa

Publicado

em

As fortes chuvas que caem desde a madrugada desta sexta-feira (26), deixaram vários pontos de alagamento pelas ruas de João Pessoa. A previsão é de chuvas durante toda sexta-feira (26).

A Avenida Pedro II registrou um grande alagamento. Carros que estavam no meio da avenida ficaram boiando e a via ficou intransitável. 

Ainda na Av. Pedro II, no sentido Centro/bairro, uma faixa foi interditada devido a queda de árvore, próximo ao Ibama. A SEMAM foi acionada no local. 

A Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob) alerta os motoristas para cuidados redobrados nas ruas da capital paraibana.

 

ClickPB

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados