Connect with us

PARAÍBA

Ricardo lança Plano Estratégico de Desenvolvimento

Publicado

em

O governador Ricardo Coutinho lançou, na manhã desta terça-feira (29), o Plano Estratégico de Desenvolvimento Paraíba 2040, que traz as diretrizes estratégicas para os próximos 25 anos. Durante o evento, o governador Ricardo Coutinho assinou um acordo de cooperação com o Movimento Brasil Competitivo, através do seu fundador, o empresário Jorge Gerdau, e entregou ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba (ALPB), o deputado Adriano Galdino, o Plano Plurianual 2016 – 2019 (PPA) e a Lei Orçamentária Anual 2016 (LOA).

“Para mim, esse dia de hoje é muito importante, porque nós temos uma lógica que é de olhar para trás e tentar resolver os problemas que nós não conseguimos resolver. Nós não temos a cultura no poder público de fazer com que as coisas aconteçam de acordo com o que nós queremos. Temos a cultura apenas de apagar incêndios. Não é fácil mudar, porque o que nós queremos mudar é a nossa forma de ver a gestão pública, mas esse Plano Estratégico de Desenvolvimento visa justamente isso: estabelecer metas, vislumbrar o futuro”, disse o governador Ricardo Coutinho.

De acordo com o secretário de Estado de Planejamento, Orçamento, Gestão e Finanças, Tárcio Pessoa, o lançamento do plano é o ponto de partida para construir uma Paraíba justa, inclusiva, desenvolvida e inovadora, o que é, exatamente, a visão do que se está propondo. “Nós construímos as bases, iniciamos um processo de mudança. O que nós podemos ver é que hoje a Paraíba está indo no caminho oposto do curso que está a economia do Brasil. Mas para que possamos manter isso, precisamos racionalizar a gestão”, afirmou.

Em sua fala, o fundador do Movimento Brasil Competitivo, Jorge Gerdau, pontuou a importância de estabelecer metas a longo prazo. “A governança exige liderança, conhecimento e domínio dos processos. A gente faz o que é urgente, mas não faz o que é importante. A Paraíba está de parabéns por estar trazendo um evento como este”, opinou.

Já para o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, o deputado Adriano Galdino, a iniciativa é uma grande estratégia de planejamento com premissas fundamentais para o futuro da Paraíba. “O governo tem seu planejamento, o governador não só está preocupado com os próximos anos da sua gestão, ele está pensando no futuro das próximas gerações”, disse Galdino.

Durante o lançamento foram entregues à Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba o Plano Plurianual 2016 – 2019 (PPA) e a Lei Orçamentária Anual 2016 (LOA), que pela primeira vez foram elaboradas com base em uma estratégia de longo prazo, permitindo assim que o Governo do Estado estruture suas políticas públicas apoiado na execução efetiva e eficiente das ações planejadas.

De acordo com a LOA, o orçamento total do Estado previsto para 2016 é de R$ 12,1 bilhões. Após as deduções dos repasses aos municípios e ao Fundeb, no entanto, fica um total de R$ 10, 6 bilhões. Desse total, 25,37% será destinado à educação e 12,14% para saúde. Além disso, um total de R$ 1,6 bilhão será destinado aos Poderes e à Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Paraíba 2040 – O plano foi feito tendo como base os últimos anos de desenvolvimento da Paraíba, mas, também, com vistas a assegurar o crescimento acelerado, ambientalmente ajustado e com prosperidade. O Paraíba 2040 é o Plano Estratégico de Desenvolvimento de longo prazo da administração pública estadual, responsável por balizar os demais instrumentos de planejamento. Dessa forma, a principal função do Plano está na definição da visão de futuro, que passa a ser “Construir uma Paraíba justa inclusiva, desenvolvida e inovadora”; das diretrizes estratégicas, objetivos estratégicos e indicadores de desenvolvimento econômico e social o Estado, estabelecendo, portanto, a estrutura superior, à qual devem se vincular todos os programas temáticos estruturantes, projetos, processos estratégicos e ações de Governo.

Construir uma Paraíba justa, inclusiva, desenvolvida e inovadora, incorpora cinco premissas fundamentais: educação e trabalho como indutores do desenvolvimento; governança em rede com transparência e participação cidadã; interiorização do desenvolvimento; qualidade e eficiência do gasto público e; diversidade humana e inclusão social. As premissas são princípios que passar a nortear as ações do Estado, ou seja, são os pilares que orientam a formulação do Plano Estratégico de Desenvolvimento de longo prazo.

Além disso, foram estabelecidos três eixos de integração: eixo de desenvolvimento (cidadãos paraibanos com seus direitos fundamentais assegurados, com Segurança, Saúde, Educação transformadora e inclusiva); eixo de crescimento sustentável (economia dinâmica, competitiva, com crescimento sustentável), e eixo de gestão (gestão pública efetiva, geradora de resultados e próxima da sociedade).

Os eixos de integração, nos quais estão organizadas as diretrizes estratégicas, os objetivos estratégicos, os indicadores finalísticos de desenvolvimento econômico e social e que desdobra em programas temáticos estruturantes, projetos e processos estratégicos, com o horizonte de quatro anos, buscam, portanto, integrar as ações do Governo Estadual nas diferentes áreas e, ao mesmo tempo, proporcionar um comportamento cooperativo com os outros níveis de Governo e outras instituições, públicas e privadas, para maior agregação de valor para a sociedade paraibana. Não se trata, portanto, de estruturas institucionais formais, mas sim de formas de organização e conjunção de esforços em torno de grandes escolhas e prioridades.

MaisPB

PARAÍBA

Prefeito eleito promove festa com banda ‘Cavaleiros do Forró’ e aglomeração na PB

Publicado

em

Com o município em bandeira amarela devido ao risco de contaminação pela covid-19, o prefeito eleito de São João do Tigre, Márcio Leite (Republicanos) promoveu uma festa na noite de sábado (21), pra comemorar a vitória nas eleições 2020.

O show da banda Cavaleiros do Forró levou uma multidão para a praça central da cidade.

A própria banda publicou no Instagram um vídeo mostrando a aglomeração. Nele, é possível ver que a quase totalidade das pessoas estava sem máscara.

“Depois de 8 meses voltamos ao palco, e foi emocionante. Não bastasse o prazer de cantar e fazer as pessoas um pouco mais felizes, ontem tb estávamos representando milhares de famílias desempregadas que estavam tristes, desprezadas, doloridas e até com fome. Obg Paraíba!! Obg São João do Tigre, vcs estarão para sempre na nossa história”, diz a publicação. 

A cidade de São João do Tigre está inserida na bandeira amarela, portanto, não é recomendado a realização de festas, segundo o Ministério da Saúde. 


Paraíba.com.br

Continue lendo

PARAÍBA

Paraíba confirma 627 novos casos e 9 óbitos por Covid-19 nas últimas 24h; total de mortes chega a 3.232 e 140.982 infectados

Publicado

em

A Paraíba registrou 627 novos casos de Covid-19 e 09 óbitos confirmados desde a última atualização, 07 deles nas últimas 24h. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde ao ClickPB nesta quinta-feira (19), 140.982 pessoas já contraíram a doença, 112.947 já se recuperaram e 3.232, infelizmente, faleceram. Até o momento, 444.658 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. 

, 140.982 pessoas já contraíram a doença, 112.947 já se recuperaram e 3.232, infelizmente, faleceram. Até o momento, 444.658 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. 

  • Casos Confirmados: 140.982
  • Casos Descartados: 193.294
  • Óbitos confirmados: 3.232
  • Casos recuperados: 112.947

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 43%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 52%. Em Campina Grande estão ocupados 34% dos leitos de UTI adulto e no sertão 52% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 627, nos quais 10 municípios concentram 433 casos, o que representa 69,05% dos casos em toda a Paraíba. 

São eles: 

  • João Pessoa, com 184 novos casos, totalizando 35.732; 
  • Patos, com 75 novos casos, totalizando 5.369; 
  • Sousa, com 53 novos casos, totalizando 2.752; 
  • Campina Grande, com 26 novos casos, totalizando 14.172; 
  • Bayeux, com 24 casos novos, totalizando 2282; 
  • Guarabira, com 19 novos casos, totalizando 4.795; 
  • Boqueirão, com 16 novos casos, totalizando 725; 
  • Cajazeiras, com 14 novos casos, totalizando 2.914; 
  • Mari, com 11 novos casos, totalizando 1.226; 
  • Sumé, com 11 novos casos, totalizando 685.  

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 19/11, sujeitos a alteração por parte dos municípios. 

Continuar Cuidando: Até o dia 18/11 foram entrevistados e testados 6.378 paraibanos, em residências distribuídas por 72 cidades.

Até hoje, 179 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 09 óbitos registrados nesta quinta ocorreram em residentes de 07 municípios, entre 11 e 19 de novembro. Os pacientes tinham idade entre 67 e 85 anos. Hipertensão e diabetes foram a comorbidades mais frequente. Dos locais, três ocorreram em hospitais privados, um em residência e os demais em hospitais públicos. 

Mulher, 72 anos, residente em Cajazeiras. Diabética. Início dos sintomas 08/11/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 19/11/2020. 

Homem, 73 anos, residente em João Pessoa. Hipertenso. Início dos sintomas 17/11/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 19/11/2020. 

Mulher, 84 anos, residente em João Pessoa.Hipertensa, diabética, portadora de doença respiratória e imunossuprimida. Início dos sintomas 30/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 19/11/2020. 

Homem, 84 anos, residente em Campina Grande. Hipertenso e diabético. Início dos sintomas 12/11/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 18/11/2020. 

Homem, 85 anos, residente em Itabaiana. Cardiopata. Início dos sintomas 29/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 18/11/2020. 

Homem, 69 anos, residente em Santa Rita. Portador de doença neurológica e ex-tabagista. Início dos sintomas 24/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 18/11/2020. 

Homem, 80 anos, residente em Várzea. Hipertenso. Início dos sintomas 01/11/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 18/11/2020. 

Mulher, 67 anos, residente em João Pessoa. Hipertensa, diabética e cardiopata. Início dos sintomas 23/10/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 14/11/2020. 

Homem, 73 anos, residente em Lagoa de Dentro. Hipertenso, obeso e etilista. Início dos sintomas 09/11/2020. Foi a óbito em sua residência no dia 13/11/2020. 

ClickPB

Continue lendo

Facebook

Publicidade

MAIS LIDAS DE HOJE

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados