Connect with us

PARAÍBA

Sistema de biometria garante segurança para carteiras de identidade na PB

Publicado

em

A expedição de carteiras de identidade (RG) está cada vez mais segura na Paraíba graças ao uso da biometria pelos postos Instituto de Polícia Científica (IPC nas Casas da Cidadania no Estado. O procedimento é realizado desde 2012 e está presente em João Pessoa, nos bairros de Mangabeira e Manaíra, e nas cidades de Campina Grande, Patos, Sousa, Itaporanga e Pombal.

De acordo com o gerente de Identificação Civil e Criminal do IPC, Israel Aureliano, a biometria é um procedimento confiável para a produção das cédulas de identidade e também traz mais benefícios ao cidadão. “Uma vez identificada por meio de procedimento biométrico, se tem a certeza de que outra pessoa não poderá se passar pelo titular do documento para a prática de um crime, por exemplo. A identificação biométrica também possibilita que diante de uma situação em que não seja possível se expressar, o dono do documento possa ser identificado, como em um atendimento de urgência ou emergência médica”, explicou Aureliano.

Ele ainda destacou que qualquer cidadão pode requerer confecção de carteira de identidade com informações biométricas. “Para solicitar um RG dessa forma, basta se dirigir a uma Casa da Cidadania que trabalhe com esse tipo de tecnologia. Lá o servidor do Instituto colherá impressões digitais, o que não é feito mais com uso de tinta, mas sim com um leitor de imagens, e ainda realizará fotos, entre outros procedimentos. O agendamento é feito por telefone”, relatou. A biometria deve ser implantada este ano nas Casas da Cidadania dos bairros de Tambiá e Jaguaribe e ainda no posto instalado no prédio do Programa Cidadão, na Capital.

A 1ª via do documento de identidade é feita de maneira gratuita pelo IPC da Paraíba. Para a confecção da 2ª via é cobrada uma taxa de R$ 15. Somente no ano de 2014, o Instituto expediu 224.304 carteiras de identidade em todo o Estado, mais de 83 mil (59%) a mais do que no ano anterior.

Secom-PB

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PARAÍBA

Paraíba recebe, nesta quarta-feira, 56.400 novas doses de vacina contra a covid-19

Publicado

em

A Paraíba vai receber 56.400 novas doses de vacina contra a Covid-19. A entrega deve ocorrer às 2h da madrugada desta quarta-feira (3), no Aeroporto Castro Pinto, na Grande João Pessoa.

O anúncio foi feito pelo secretário de Estado da Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, em comunicado enviado também ao ClickPB.

Atualmente, estão vacinados idosos e profissionais de Saúde da linha de frente de combate ao coronavírus.

Continue lendo

PARAÍBA

Assembleia aprova, por unanimidade, projeto de lei que autoriza Governo da Paraíba comprar vacina contra a covid-19

Publicado

em

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por unanimidade, nesta terça-feira (2), o Projeto de Lei 2.510/2021, de autoria do deputado estadual Adriano Galdino, conforme acompanhou o ClickPB. O PL assegura ao Governo do Estado o direito de aquisição e fornecimento de vacinas contra a covid-19. A propositura já havia sido aprovada na reunião remota dessa segunda-feira (1°) da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ).

Segundo o Projeto de Lei, a medida “será adotada caso o Governo Federal não cumpra o Plano Nacional de Imunização ou na hipótese de que este não proveja cobertura imunológica tempestiva e suficiente contra a doença” e acrescenta que “o Poder Executivo Estadual poderá comprar vacinas aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e as registradas por autoridades sanitárias estrangeiras previstas lei federal 13.979/2020, ou, ainda, quaisquer outras que vierem a ser aprovadas, em caráter emergencial”.

“Somente nesta segunda-feira, a Secretaria de Saúde do Estado contabilizou 1.144 novos casos de covid-19 e 30 óbitos em 24 horas. No total, mais de 4.500 paraibanos foram vítima deste vírus e mais de 222 mil infectados já foram registrados”, lamentou Adriano Galdino.

Adriano destaca, ainda, que a ocupação de leitos de UTI em todo o estado está em 63%, sendo 77% na região metropolitana de João Pessoa; 56%, na região de Campina Grande; e 77% no Sertão.

“Em que pese os inúmeros esforços eivados pelo Governo Estadual, sabe-se que em virtude da gravidade desta pandemia, apenas as vacinas em desenvolvimento no Brasil e no mundo contra o novo coronavírus poderão conseguir controlar, de fato, o avanço desta doença, uma vez que, segundo especialistas na área de saúde, as pessoas vacinadas, em sua maioria, não irão desenvolver a patologia na forma grave”, pontuou o deputado.

 

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados