Connect with us

PARAÍBA

Vídeo comparando os governos da PB e RN viraliza, e potiguares querem ‘importar’ RC

Publicado

em

O vídeo da reportagem produzida pelo jornalista potiguar Wanderley Filho, fazendo um comparativo dos momentos distintos pelos quais passam atualmente os estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte, acabou viralizando e gerando muitos comentários nas redes sociais, depois que foi repercutido pelo Paraíba Já e compartilhado pelo deputado Kelps Lima (SD-RN) em sua página pessoal no Facebook.

A reportagem retrata o contraste existente hoje entre os dois estados vizinhos. Enquanto o Rio Grande do Norte, administrado pelo governador Robinson Faria (PSD), vive uma situação de caos em várias áreas, a Paraíba, conduzida desde 2011 pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), atravessa um dos melhores momentos de sua história.

Na reportagem, o jornalista Wanderley Filho, que nasceu na cidade de Parelhas (RN), mostra as estradas do Rio Grande do Norte completamente deterioradas, contrastando-se com as rodovias estaduais da Paraíba. “A malha viária do Estado (Paraíba) é hoje considerada a quarta melhor do Brasil”, pontuou.

Comentários

As comparações feitas na reportagem entre os governos da Paraíba e do Rio Grande do Norte acabaram gerando muitos comentários nas redes sociais, sobretudo da parte de internautas norte-rio-grandenses.

“Isso se chama modelo de gestão… A Paraíba deu um grande salto nos últimos 6 anos. O Estado recuperou a credibilidade que não tinha, por culpa de gestões irresponsáveis e ultrapassadas”, postou um morador de Natal. “Trafego, semanalmente, pelo RN e PB. Estradas do RN, queijo suíço. Na PB, vias bem conservadas. Saúde e Educação, o Governo de Ricardo Coutinho colocou a PB, a milhares de quilômetros na dianteira”, comentou outro.

“O governador Coutinho é o melhor do Nordeste. Parabéns a Paraíba e ao governador, um homem sério e olha a população com carinho”, enfatizou um internauta. “A se Ricardo Coutinho quisesse se candidatar aqui no RN”, disse outro. “É uma vergonha, fazendo uma alusão, parece Brasil e Alemanha nos 7 a 1”, resumiu um seguidor do deputado Kelps Lima.

Saiba mais

As diferenças entre os governadores do Rio Grande do Norte e da Paraíba não se limitam ao campo administrativo. Robinson Faria é investigado em um inquérito autorizado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

A PGR fez o pedido com base nas delações de ex-executivos da Odebrecht. Fachin autorizou inquéritos para investigar oito ministros, 24 senadores, 39 deputados e três governadores.

Segundo o Ministério Público, a Odebrecht Ambiental desejava desenvolver PPP’s (Parcerias Público-Privadas) de saneamento básico no Rio Grande do Norte e, por isso, a empreiteira doou R$ 350 mil ao governador Robinson Faria e à prefeita Rosalba Ciarlini “para eventual favorecimento em projetos relacionados a saneamento básico”.

Em 2010, Robinson foi candidato a vice na chapa de Rosalba e ambos acabaram eleitos. Robinson foi eleito governador em 2014 e Rosalba, prefeita de Mossoró em 2016.

O governador da Paraíba também teve seu nome citado nas delações de um dos ex-executivos da Odebrecht. Ao contrário do que ocorrera no Rio Grande do Norte, Ricardo Coutinho vetou a tentativa da construtora desenvolver PPP’s no Estado.

Assista abaixo o vídeo que viralizou nas redes sociais

Leia mais comentários extraídos das redes sociais

Paraibaja

Continue lendo
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PARAÍBA

Empresário José Carlos, dono do Grupo São Braz e da Rede Paraíba de Comunicação, morre vítima de covid-19

Publicado

em

Faleceu nesta sexta-feira (05) em decorrência da Covid-19 o empresário paraibano José Carlos da Silva Júnior, dono do Sistema Paraíba de Comunicação e do Grupo São Braz. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o dia 18 de fevereiro após testar positivo para a covid-19 e acabou não resistindo a uma parada cardiorrespiratória. De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, inicialmente José Carlos não manifestou sintomas do novo coronavírus, mas foi internado mesmo assim como forma de prevenção, já que possuía comorbidades e em razão da idade avançada.

José Carlos tinha 93 anos de idade e já ocupou o cargo de senador da Paraíba entre os anos de setembro de 1996 e janeiro de 1997 e de junho a novembro de 1999, quando suplente de Ronaldo Cunha Lima. Ele também foi vice-governador da Paraíba de 1983 a 1986, durante a gestão de Wilson Braga. Wilson Braga também faleceu vítima de covid-19 no mês de maio de 2020.

Natural de Campina Grande, José Carlos era casado com Virgília Henriques de Oliveira Carlos, que faleceu em 2015 aos 89 anos de idade. Ele deixa três filhos: Ricardo Carlos, Eduardo Carlos e Eliane Freire.

Ainda no início da pandemia de covid-19, José Carlos perdeu um neto vítima da doença. Mateus Carlos tinha 34 anos de idade e faleceu no dia 30 de março de 2020, quando estava internado no Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa. Mateus foi um dos primeiros paraibanos a falecer em decorrência do novo coronavírus.

O empresário Eduardo Carlos, pai de Mateus e filho de José Carlos, permanece internado em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês se tratando da covid-19. Ele foi internado pouco após o seu pai. 

Continue lendo

PARAÍBA

Com chegada de novas remessas da vacina contra a Covid-19, idosos de 70 a 80 anos na Paraíba serão imunizados até março

Publicado

em

Com a chegada de novas remessas da vacina contra a Covid-19, nesta quarta-feira (3) na Paraíba, a imunização de idosos de 70 a 80 anos na Paraíba será efetivada. A estimativa, segundo o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, em entrevista ao ClickPB, é de que toda a população nessa faixa etária seja imunizada durante todo o mês de março, além dos profissionais de Saúde da linha de frente de combate ao coronavírus. Atualmente estão recebendo as doses os idosos com mais de 75 anos.

De acordo com ele, com a continuidade do envio das remessas das doses de vacinas, no cronograma previsto no Plano Nacional do Ministério da Saúde, conforme forem chegando novas remessas o público alvo será ampliado, sendo assim, a próxima faixa etária será de idosos entre 60 e 69 anos.

Segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta quarta-feira (3), a Paraíba já passa de 224.287 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, com 4.588 mortes confirmadas. São 1.118 novos casos e mais 30 mortes na última atualização. Todos os 223 municípios paraibanos registraram casos da doença e 206 cidades registraram óbitos.

ClickPB

Continue lendo

Facebook

Publicidade

Copyright © 2020 Barra Portal - Todos os direitos reservados